background preloader

Leticiakau

Facebook Twitter

Letícia Araujo

Aula de Futsal - Voser -drible, finta e marcação.

Tecnologia

Canal. Mafalda. ABRALE - Associação Brasileira dos Autores de Livros Educativos. Nós apresentamos as 50 melhores ferramentas para encontrar recursos didáticos, criar aulas online e interagir com seus alunos.

ABRALE - Associação Brasileira dos Autores de Livros Educativos

Adaptar suas aulas e não ficar de fora da revolução da educação! Encontrar recursos educativos Skype na sala de aula recursos em sala de aula, especialistas, ideias, pessoas e experiências ao redor do mundo. Tiching recursos educativos digitais TED : vídeo-conferência de especialistas de todo o mundo em todos os tipos de tópicos Evernote capturar e organizar o conteúdo da web Nuvem Magia simultânea busca de informações gmail, twitter, facebook, Evernote, etc Issuu publicações descobrir, compartilhar documentos, gráficos, criação de revistas on-line e disseminar Box tubo baixar vídeos do YouTube, Vimeo, DailyMotion … Genmagic recursos e ferramentas para cada necessidade Academia.edu comunidade acadêmica que permite o contacto fácil entre pares com suas escolhas para destacar interesses, áreas de interesse e locais. Criar recursos educacionais Criar cursos on-line.

EduqMais. Nem sempre é fácil conectar família, aluno e escola em um ciclo comum de aprendizado.

EduqMais

Este é um desafio para os gestores públicos, que compreendem a sua importância e buscam maneiras de melhorar a comunicação entre todos os interessados. A Fundação Lemann, Omidyar Network e IDEO foram responsáveis pelo estudo que demonstrou que mães e pais podem afetar a qualidade da educação no Brasil e formar uma nova geração de alunos. Por isso, queremos contribuir para o engajamento dos pais brasileiros na vida escolar de seus filhos e sabemos que é necessário conscientizar os pais da importância de sua participação, inspirar o seu envolvimento e fazer com que se sintam seguros para exercer sua influência. Para atender a estas demandas, a MGov foi nossa parceira na implementação do piloto do projeto EduqMais.

Assista ao vídeo abaixo. Tiras de Mafalda : Photo. O Novo Mercado - Journal. O motivo da infelicidade da geração Y - Fashion Bubbles - Moda como Arte, Cultura e Estilo de Vida. A cada ano os casos de depressão vem crescendo, e os pacientes são cada vez mais jovens.

O motivo da infelicidade da geração Y - Fashion Bubbles - Moda como Arte, Cultura e Estilo de Vida

Por que, em um tempo de tantas opções, oportunidades e liberdade, somos tão insatisfeitos e infelizes? O site Wait But Why publicou uma matéria “Why Generation Y Yuppies are Unhappy” (porque a geração Y Yuppies está infeliz) que se tornou viral nas redes sociais. O texto, ilustrado de maneira simples, explica de maneira didática os prováveis motivos pelos quais a atual geração está tão infeliz. O texto é longo, mas vale a leitura. A maioria dos leitores se identificou com a situação, talvez esse também seja o seu caso e no fim da matéria há dicas de como “curar” essa infelicidade. Especial Tecnologia na Educação - Porvir. Crianças e adolescentes já usam internet de maneira intensa quando estão em casa ou na rua, mas quando entram na escola parecem ter voltado no tempo.

Especial Tecnologia na Educação - Porvir

A conexão, na maioria dos casos, é muito ruim e não permite o uso das ferramentas pedagógicas digitais de forma plena. O vídeo que roda no celular corre o risco de não carregar no computador da sala de aula quando todos querem assisti-lo ao mesmo tempo. Para resolver esse problema, o primeiro passo é garantir infraestrutura para que a internet veloz chegue até a porta de todas as escolas do Brasil. Os dados viajam pela internet de maneira diferente para professores e alunos de uma escola urbana, rural ou remota. Na maioria das escolas urbanas, a conexão pela rede da operadora – conhecida como última milha – é feita por banda larga fixa (xDSL, fibra ótica ou cabo). No entanto, esses caminhos ainda estão longe de serem suaves para quem acessa a internet. Acesso à internet.

Juristas confundem liberdade de ensinar com liberdade de expressão. Por Miguel Nagib Quem leu na ConJur a reportagem de Marcos de Vasconcellos sobre o Projeto de Lei 867/2015 — que inclui entre as diretrizes e bases da educação nacional o Programa Escola sem Partido — não corre o menor risco de entender o que está em discussão no Congresso Nacional.

Juristas confundem liberdade de ensinar com liberdade de expressão

Trata-se de uma proposta legislativa inspirada num anteprojeto de lei de minha autoria, cujo principal objetivo, omitido pela reportagem, é tornar obrigatória a afixação em todas as salas de aula do ensino fundamental e médio de um cartaz com o seguinte conteúdo: I - O Professor não se aproveitará da audiência cativa dos alunos, com o objetivo de cooptá-los para esta ou aquela corrente política, ideológica ou partidária. Escola sem Partido não é lei da mordaça! Depoimento de Ilona Becskeházy, em 13.06.2016. Nas reuniões públicas sobre política educacional de que participei nas últimas semanas sobre a BNCC, incluindo uma na Câmara dos Deputados, o assunto principal em pauta foi flagrantemente desviado para o tema do Movimento Escola sem Partido.

Escola sem Partido não é lei da mordaça! Depoimento de Ilona Becskeházy, em 13.06.2016

Eu já tinha ouvido falar, sem nunca ter realmente entendido como o Movimento atuava. Mas como nessas reuniões o Movimento estava sendo acusado de promover leis de censura e mordaça ao trabalho do professor, fui ver do que se tratava. Não é bem isso, o Movimento Escola sem Partido é uma organização de pais e estudantes contra o uso das salas de aula e ambientes educacionais, tanto na educação básica quanto no ensino superior, para o proselitismo político, religioso e ideológico de qualquer natureza.

Empreender

Empreender. Formação humana. Formação PEC. Pablo Picasso. Aprendizagem. Voleibol. Atualidades 2016. Religião - aulas.