background preloader

Feminismo

Facebook Twitter

Eu, mulher preta e uma certeza. Às vezes é difícil tocar num assunto tão delicado, principalmente quando quem esta para abordar o assunto é quem o vive.

Eu, mulher preta e uma certeza

Mas hoje, tenho em mente isso bem escurecido. Precisamos falar não só da solidão da mulher negra, mas também da angustia que cerca a maioria de nós, a certeza de que vamos envelhecer sozinhas. Menstruação. Eu já pretendia falar sobre o VULVA LA REVOLUCIÓN!

menstruação

Por aqui, mas a correria da vida acabou atrasando um pouco esse post. Muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, gente… No entanto, aqui estou, pronta pra contar como foi esse lindo dia. Pra quem não sabe, o VULVA LA REVOLUCIÓN! DEZ COISAS QUE HOMENS FAZEM ERRADO DURANTE O SEXO. Esse texto é de uma amiga que tem um blog muito maneiro.

DEZ COISAS QUE HOMENS FAZEM ERRADO DURANTE O SEXO

Porém, ela decidiu ficar anônima. Então, sinto muito, mas vou ter que deixar todo mundo na curiosidade. Homens que se relacionam com mulheres: aprendam alguma coisa aí! Mulheres não gostam de sexo ou homens não gostam de mulheres? Antes de começar esse texto, gostaria de dizer que ele é voltado para relações entre mulheres e homens.

Mulheres não gostam de sexo ou homens não gostam de mulheres?

E gostaria também de deixar duas frases em destaque: Mulher “dá” quando ela quiser. Feminismo Interseccional: um conceito em construção. 18 textos essenciais para estudos e pesquisas sobre gênero e sexualidade. Para ler e baixar! - Erosdita. *TEXTO: Angie C.

18 textos essenciais para estudos e pesquisas sobre gênero e sexualidade. Para ler e baixar! - Erosdita

Não somos todos iguais. “Não quero e nem preciso ser aceita por ninguém e muito menos por vocês.

Não somos todos iguais

Mas quero e estou evidenciando aqui o quanto as nossas experiências são diferentes e o quanto elas deixaram marcas eternas dentro de mim que diariamente são relembradas (muitas vezes por vocês feministas brancas) através das múltiplas facetas do racismo e que eu preciso lidar com isso todos os dias e tu não. E isso deixa o machismo de uma forma extremamente mais pesada do que para ti, branca. Entenda, eu JAMAIS terei a opção de ser encaixada no padrão social, essa condição me foi negada no dia em que nasci com a cor da pele negra, diferente de ti.” KyKy Rodrigues. Universidade Livre Feminista - 16 filmes para debater os direitos das mulheres.

Kimberlé Crenshaw sobre intersecionalidade: “Eu queria criar uma metáfora cotidiana que qualquer pessoa pudesse usar” Texto de Bim Adewunmi.

Kimberlé Crenshaw sobre intersecionalidade: “Eu queria criar uma metáfora cotidiana que qualquer pessoa pudesse usar”

Tradução de Bia Cardoso. Publicado originalmente com o título: Kimberlé Crenshaw on intersectionality: “I wanted to come up with an everyday metaphor that anyone could use” no site New Statesman em 02/04/2014. FeminismosemdemagogiaOriginal. Por: Gleide Fragra Pra falar da militância, eu gosto de utilizar o termo “didatismo”, porque para sermos militantes, temos por obrigação, exercermos a nossa didática diária.

feminismosemdemagogiaOriginal

Não é nada fácil, eu sei, mas também não é impossível criarmos táticas de socialização do pensamento esquerdista no nosso meio social, entre as pessoas que amamos e/ou convivemos diariamente, na internet, no barzinho, na faculdade.. Entre as opressões mais difíceis de serem trabalhadas, eu, Gleide, tenho o racismo como a segunda problematização mais complicada; as pessoas acham que o racismo já foi superado, as pessoas acham que as questões de classes ligadas à etnia, as desvantagens em relação acadêmica e trabalhistas também ligadas à etnia, são meras normas culturais, as pessoas realmente acham que ser negro e: pobre, morto pela polícia, sem estudos, é normal. […] Mais que qualquer grupo de mulheres nesta sociedade, as negras têm sido consideradas ‘só corpo, sem mente’.

Curtir isso: Curtir Carregando... Coletivo Audre Lorde de Lésbicas e Bissexuais Negras e Afrodescendentes. Visiting the amazon rainforest can be an unforgettable adventure and the most relaxing holiday you can imagine.travel lodgesamazon river toursamazon rainforest toursamazon eco toursplants that live in the amazon rainforest Our travel club offers you a variety of ecotours planned to take you into the most exotic and unique experience inside peruvian tropical rainforest, come fishing into the majestic amazon river, one of the seven world's natural wonderamazon river tours peruamazon river vacationamazon river vacationsamazon contact usdangerous plants in the amazon rainforest where inhabit the most abundant animal wildlife and plant biodiversity.

Coletivo Audre Lorde de Lésbicas e Bissexuais Negras e Afrodescendentes

Amo Minha Vagina. Pornoterrorismo_diana_j_torres_version_digital.pdf. AzMina - Como a ‘liberdade sexual’ me levou ao abuso. E u sou uma mulher livre, sexualmente liberada, toda bem resolvida, sem vergonhas, sempre disposta a criar e inovar no sexo, uma transona.

AzMina - Como a ‘liberdade sexual’ me levou ao abuso

Ou melhor, isso é o que eu achava que eu era. IMAGEM: “Masturbation”, de Gustav Klimt Afinal, eu adorava transar, ser sexy, fazer mil coisas na cama, sair com vários caras, vê-los pirando por mim, ficando loucos, ser a gostosona que leva os homens à loucura. Pobre de mim, que gastei anos da minha vida achando que isso é liberdade. A falácia da liberação sexual e as novas formas de dominação - Doce. Woman Launches Feminist, Intersectional Magazine About Periods (And No, It's Not A Monthly) Periods. Approximately half the world's population get them, and yet they remain a taboo subject which is seldom discussed. Thankfully one woman hopes to change that.

Soofiya Andry, 23, has launched her own 'zine (think of it as a small, self-published, low-cost magazine), called Bloody Hell, that will focus on periods and experiences of menstruation, which hopes to break down current societal taboos. "Often the narrative surrounding menstruation is shameful and treated like something to hide," she tells HuffPost UK Lifestyle. "I wanted to readdress that. Blog da Rebeca Avila. Pode parecer surreal, mas estamos viciadas numa droga: a pílula anticoncepcional Arte de Betty Baker Você já tentou parar de tomar pílula?

Os médicos torcem o nariz, as amigas entram em choque e os familiares – esses nem podem ficar sabendo. 5 coisas simples que mulheres hesitam em fazer por medo de assédio. De pequena em pequena liberdade, as mulheres perdem muito por medo de assédio. Em março desse ano uma mulher sofreu uma tentativa de estupro dentro de um metrô lotado na cidade de São Paulo. Feministas que amam homens, as desventuras de príncipes e bruxas.

A insustentável leveza do não-orgasmo e a falsa liberdade sexual feminina. Eu sou mais uma mulher que, sob a falsa bandeira revolucionária da liberdade sexual feminina, começou sua vida sexual de forma muito precoce. Foi majoritariamente com homens – e com seus incentivos – que minhas primeiras transas se deram há 6 anos, quando eu tinha recém feito 14. Antes de me envolver em relações sexuais, eu já me masturbava com frequência, muitas vezes no banheiro – gozava sempre e razoavelmente rápido, em paz. Nessa época eu era bem criança e, apesar de já receber olhares invasivos dos homens, não havia caído ainda na serventia compulsória de agradá-los, de existir em sua função.

O Despertar do Feminino: Pompoarismo. Bad Feminists: Why It’s So Hard to Critique The Pill — Red Tent Sisters. As the founders of a business dedicated to women’s reproductive and sexual health we’ve faced our fair share of criticism. BUCEPOWERGANG. A Bucepower Gang É a Nova Geração de Feminismo no Tumblr. "Queremos todas vocês", repete Lay Moretti, rapper de Osasco e criadora da Bucepower Gang, um Tumblr para mulheres anônimas postarem nudes e "selfies de ass" com a função de estimular a discussão a respeito da liberação sexual da mulher na sociedade.

Com a ambiciosa proposta de agregar o máximo de meninas possível (dá para falar facilmente com elas pelo e-mail que está na página), a gangue oferece uma forma muito mais acolhedora no feminismo sem nenhum tipo de filtro estético ou acadêmico. Questioning Birth Control Is Not Anti-Feminist - Blog Tips & Advice. Ricki Lake is at it again, doing what she did for hospital birth in "The Business of Being Born," now with hormonal birth control.

Feminismo muda o mundo, Livros feministas. Amo Minha Vagina. Amo Minha Vagina : Foto. Guia de Recomendação de Ginecologistas.