background preloader

Discussões Civilizadas

Facebook Twitter

Revista Pazes - "Infelizmente, muitas pessoas confundem... 15 diferenças fundamentais entre Diálogo e Debate. O debate é de oposição: dois lados se opõem e tentam provar um ao outro errado. 2) No diálogo, encontrar um terreno comum é o objetivo.

15 diferenças fundamentais entre Diálogo e Debate

No debate, a vitória é o objetivo. 3) No diálogo, escuta-se o outro lado(s) a fim de entender, encontrar significado e encontrar um acordo. No debate, escuta-se o outro lado a fim de localizar falhas e contrariar os seus argumentos. 4) O diálogo amplia e, possivelmente, muda os pontos de vista de um participante. 5) O diálogo revela suposições, para reavaliação. 6) O diálogo provoca introspecção sobre a sua própria posição. 8) O diálogo cria uma atitude de mente aberta: uma abertura para estar errado e uma abertura à mudança. 10) O diálogo pede pela suspensão temporária das crenças de cada um. 11) No diálogo, busca-se por acordos básicos. 12) No diálogo procura-se por pontos fortes na outra posição. 13) O diálogo envolve uma preocupação real para com a outra pessoa e procura não alienar ou ofender. 15) O diálogo permanece aberto.

Original em ingles: 3 Ds das conversas: Debate, Discussão e Diálogo – Alex Bretas – Medium. Você já parou pra pensar nas diferenças entre as palavras Debate, Discussão e Diálogo?

3 Ds das conversas: Debate, Discussão e Diálogo – Alex Bretas – Medium

Com frequência, utilizamos esses termos como sinônimos, sem perceber as nuances que cada um carrega consigo. Ao fazermos isso, ficamos presos a conversações tensas, polarizadas e orientadas ora por uma verdade universal — via de regra, a nossa — , ora por uma busca incessante por ela. Como compreender as características específicas dos diferentes tipos de conversa? E, a partir delas, como melhorar a qualidade das interações que temos com o outro e com a gente mesmo?

Eis uma proposta. Debate O exemplo que mais facilmente aparece quando pensamos num debate costuma ser o debate presidencial. Uma das origens da palavra debate, o verbo em latim battuere significa justamente “lutar”, e sua raiz provém do termo indo-europeu bhau- (golpear”, “ferir”), o mesmo que ajudou a formar as palavras “abater” e “abatedouro”. As virtudes esquecidas de um bom debate intelectual. “(…) primeiro, os padrões de boa evidência, da crença justificada,do conhecimento confiável etc. estejam vinculados àcultura ou à comunidades; e, segundo, que a investigação é,inevitavelmente, disfarçadamente política.

As virtudes esquecidas de um bom debate intelectual

A primeira dessas édesalentadoramente cética em sua tendência, e a segunda écompletamente assustadora: se todas as investigações fossemrealmente políticas, não haveria qualquer diferença entreconhecimento e pesquisa advocatícia, entrea investigação e o jogo da retórica.” ~ Susan Haack Sempre pensei na universidade como um local para se pensar livremente, para discutir sobre todo tipo de ideias, inclusive as mais polêmicas. Entretanto, pelo menos de acordo com o que tenho vivido ultimamente como universitário – e pelo que leio por aí -, só me resta pensar que sou um dos poucos que ainda compartilha dessa visão, pois muitos veem a universidade apenas como uma fábrica de militantes políticos, como um templo onde se aprende o socialmente correto.

Você pode querer ler também: Como argumentar de maneira intelectualmente honesta. Editor: Francisco Boni Autor: Paul Graham* A internet transformou a escrita em conversação.

Como argumentar de maneira intelectualmente honesta

Há vinte anos, escritores escreviam e leitores liam. A internet permite que seus leitores respondam, e cada vez mais eles fazem — em comentários em posts, fóruns e em seus próprios blogs. Muitos daqueles que respondem tem algo a discordar sobre o que leem. Isso já é esperado. O resultado é que há muito mais divergências acontecendo, e você pode medir isso pelas palavras e respostas por aí. Se nós vamos entrar em desacordo mais vezes, então nós deveríamos tomar cuidado com isso. Por que ‘opinião não é argumento’, segundo este professor de lógica. Discussões servem para a construção de conhecimento, e não para a destruição Não é fácil vencer uma discussão.

Por que ‘opinião não é argumento’, segundo este professor de lógica

Especialmente em um contexto inflamado, em que as opiniões se polarizam, notícias falsas se proliferam, debatedores recorrem a ofensas e sarcasmo e festas de fim de ano criam ambientes propícios para a briga. Uma boa discussão, ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, não serve para a disputa - e, sim, para a construção do conhecimento. Nesse sentido, saber sustentar uma boa argumentação é fundamental. Dialogue. Voice Dialogue for our world. Heart Dialogue. Social Dialogue. Discussion. Discussion. Neanderthal Debate. Debate. Opinião: O ano em que o Brasil se apequenou. O Brasil começou o ano de 2016 em uma profunda crise política e econômica e vai sair dele ainda mais frágil.

Opinião: O ano em que o Brasil se apequenou

A tão esperada recuperação da economia deve ficar para 2018, e o combate à corrupção parece não ter pressa, enquanto os poderes preferem trabalhar em causa própria. Os ajustes para recuperar a economia brasileira poderiam ter sido feitos já no início do ano, mas o Congresso estava mais interessado em derrubar a presidente. Os primeiros oito meses foram tomados pelo processo de impeachment, até o afastamento definitivo de Dilma Rousseff, em 31 de agosto.

Duas semanas mais tarde viu-se a queda do articulador do impeachment e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, hoje preso em uma penitenciária do Paraná. Só então a recuperação econômica voltou à pauta. Isso ficou evidente na forma como a classe política lidou com o pacote de combate à corrupção, principal bandeira dos protestos que levaram mais de um milhão de pessoas às ruas no início do ano. PSDB e PT nunca foram capazes...