background preloader

Português. Estratégias de Ensino para as aulas de Português - Brasil Escola

Nossa língua é um legado de diversidades múltiplas de linguagem e é dividida em duas partes: a fala e a escrita. A princípio se definiu a fala como individual, algo próprio, passível de ser moldada, de acordo com os grupos lingüísticos. Já a escrita é social, a fim de termos uma convenção ao escrevermos, algo que será compreendido ao ser lido em todo âmbito social em que a língua é falada. No entanto, com o passar dos anos, falamos de discursos e tipologia de discurso, ou seja, dos tipos de comunicação existentes. Há tipos de discurso para todas as ocasiões: para conversas formais e informais, com os colegas de sala, com os pais, msn, orkut. Não falamos com o nosso professor assim como falamos com nosso pai, como também não vamos escrever uma carta a um amigo do mesmo modo que se fôssemos escrever ao presidente. A linguagem dos internautas está sendo inserida nas salas de aula, porém de forma errônea, nas redações, por exemplo. Por Sabrina Vilarinho Graduada em Letras

https://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/portugues.htm

Related:  ENSINAR GRAMÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESARECURSOS PARA ENSINAR PORTUGUÊSLíngua Portuguesa - Para ensinar.Recursos para ENSINARRECURSOS PARA ENSINAR

Gramática sem decoreba Há anos se fala de uma concepção diferente do ensino de gramática, mas pouca coisa mudou.O professor sabe que decorar regras e ler a gramática (que deve ser usada só para consulta) não funcionam. Isso porque somente o estudo teórico não leva ninguém a falar, ler e escrever melhor.Como muitos educadores ainda não descobriram outra forma de abordar o tema, simplesmente o deixam de lado. O resultado é que o conteúdo praticamente desapareceu da sala de aula.

Atividades diversificadas para o ensino de Língua Portuguesa “A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.” Paulo Freire Professores de língua portuguesa, como andam suas práticas educativas em sala de aula? Parece uma pergunta simples, mas é provável que muitos de nós se calem diante dessa indagação. Assim que nos formamos, somos tomados pela empolgação e pela vontade de sermos professores que façam a diferença, professores ávidos por buscar novas linguagens para atingir em cheio nosso público de meninos e meninas. Material didático – português para alunos estrangeiros Apostilas Material didático usado em aulas de Português como língua estrangeira na Universidade Federal de Juiz de Fora. Disponível para uso. Contém material sob copyright original – não pode ser comercializado sob nenhuma forma. Para baixar, clique nos links. Vai abrir uma nova página e é preciso clicar novamente no nome do arquivo (que infelizmente fica bem miudinho, no alto da tela).

Professora ensina gramática com música e faz sucesso no YouTube Aprender português nunca foi tão divertido! A professora Carol Mendonça, que dá aula em cursos preparatórios há oito anos, está fazendo sucesso nas redes sociais ao ensinar língua portuguesa por meio de memes e músicas. Há um ano Carol começou a postar vídeos no canal Português para Desesperados, no YouTube. Em sua página no Facebook ela também anda bombando com suas paródias. Além disso, a professora arrasa no Instagram com dicas rápidas.

O ENSINO DE GRAMÁTICA EM UMA PERSPECTIVA TEXTUAL Maria Luci de Mesquita Prestes (FAPA/RS) malupre@terra.com.br, malupre@fapa.tche.br Resumo Nos últimos tempos, com os avanços das ciências relacionadas à linguagem, muito se tem discutido e pesquisado quanto ao ensino de gramática. Num primeiro momento, chegou-se até a questionar sobre ensiná-la ou não. Atualmente, a idéia que se tem é de que ela deve ser trabalhada na escola, e o que se questiona é como se deve fazê-lo.

O ensino de língua portuguesa: aspectos metodológicos e lingüísticos O ensino de língua portuguesa: aspectos metodológicos e lingüísticos Rachel Pereira Lima Mestre em Educação pela UFPR. Professor Adjunto do Dep. de Métodos e Técnicas da Educação da UFPR O presente trabalho prentende apresentar algumas considerações gerais a respeito da ineficácia do ensino da Língua Portuguesa, utilizando-se de estudos teóricos e pesquisas realizadas, a fim de situar a complexidade dos problemas que envolvem tal ensino, focalizando, principalmente, os seus aspectos metodológicos e lingüísticos.

Recursos Didáticos Animações Filmes de animação para o trabalho em sala de aula Artigos Artigos, teses, dissertações e monografias para consulta Áudios Acesso a diversos sons relacionados à disciplina de Língua Portuguesa Exemplos de recursos didáticos - Portal Educação Os recursos didáticos nada mais são do que as ferramentas que o professor utilizará durante todo o ano letivo e pode, muitas vezes, precisar de algumas alterações ou novos utensílios que servirão para o aprimoramento das atividades e aulas realizadas na escola. Exemplos de alguns dos recursos didáticos: - Quadro Negro, ou branco / Giz, ou canetão / Apagador; - Jornais, cartazes, revistas e livros; - Textos manuais; - Televisão - Aparelho de Som - Aparelho DVD - Filmes em DVD - Filmadora (caso necessite realizar algumas gravações) - Máquina Fotográfica Digital - Computador com projetor - Instrumentos didáticos conforme a disciplina (Ex: química – tubos de ensaio, biologia – microscópio entre outros...) Estes são alguns dos variados recursos materiais que ajudam muito na didática de acordo com o plano de ensino proposto pelo professor. Quer saber mais sobre o assunto?

Uma forma diferenciada de trabalhar as variações linguísticas - Brasil Escola A linguagem como forma de interação entre as pessoas. Ao trabalhar as variedades linguísticas, o educador precisa destacar alguns pontos relevantes no que se refere às questões concernentes à língua, tais como: marcas de oralidade, níveis de registro, dialeto, neologismos, entre outros. E agora com o advento da tecnologia, esta questão precisa ainda mais ser discutida em sala de aula, pois a chamada linguagem virtual está interferindo nas produções textuais feitas pelos alunos. É uma questão de costume, algo que acontece automático, sem que eles percebam já estão adotando a linguagem reduzida, as abreviações usadas em um diálogo pelo MSN, onde tudo é rápido para que haja a plena interação entre interlocutores. Daí surge a necessidade de enfatizar a importância do domínio da linguagem formal, pois quando se trata da escrita, esta requer total domínio por parte do falante.

Como tornar o ensino de Língua Portuguesa inclusivo no ambiente escolar Confira relatos de experiências de educadores e dicas do DIVERSA para pensar em estratégias pedagógicas diversificadas A disciplina de Língua Portuguesa auxilia os educandos na organização de ideias e pensamentos, sendo essencial para o processo de alfabetização e comunicação de estudantes. Para garantir que esse aprendizado inclua a todas e todos, é preciso que educadoras e educadores reconheçam e valorizem a diversidade Site externo em sala de aula, seja de raça, gênero, condição social, física, intelectual, sensorial ou até mesmo linguística, como a de refugiados com suas línguas nativas. Em comemoração ao Dia Nacional da Língua Portuguesa (5 de novembro), o DIVERSA selecionou alguns conteúdos do portal para auxiliar educadoras e educadores no planejamento de estratégias pedagógicas inclusivas. Inspire-se em experiências de educadores Site externo, na construção de materiais pedagógicos acessíveis Site externo e em notícias Site externo do DIVERSA. Site externo

Gramática no ensino fundamental inicial - como e por quê? Início do Conteúdo Gramática no ensino fundamental inicial - como e por quê? Ficha Técnica Descrição

Related: