background preloader

Inovação

Facebook Twitter

Quarta revolução industrial: A Era das Máquinas Livres. "Faça você mesmo científico" O movimento "Faça Você Mesmo" saltou das tarefas domésticas para os laboratórios de pesquisa.

Quarta revolução industrial: A Era das Máquinas Livres

E o salto foi impulsionado pelos mesmos motivos: economizar dinheiro e obter exatamente o resultado que você deseja. Para Joshua Pearce, o "faça você mesmo científico" está dando início a uma revolução. Três forças convergentes, todas de código aberto (open-source), estão por trás dessa revolução, explica o pesquisador em um artigo publicado no número mais recente da revista Science: software, impressoras 3D e microcontroladores. Com essas ferramentas, pesquisadores de todo o mundo estão reduzindo o custo de fazer ciência, construindo seus equipamentos no próprio laboratório. Arduíno Tudo está sendo possível graças ao microcontrolador open-source Arduíno.

"A beleza desta ferramenta é que é muito fácil de usar," disse Pearce, que é professor da Universidade Tecnológica de Michigan. Veja como funciona. Apresentada primeira máquina capaz de construir uma cópia dela mesma. TEDxValedosVinhedos - Nathalie Trutmann - Caminho mais Difícil, Vida mais Interesante. Brasil20.org. Em defesa da inovação às escondidas. Você tem uma ideia para um projeto ousado e inovador que poderia ter impacto considerável sobre a empresa.

Em defesa da inovação às escondidas

Suspeita, contudo, que haverá certa resistência interna à ideia. Já que a inovação mexeria na ordem estabelecida, há uma boa probabilidade de que outros setores da organização tentem obstruí-la. Qual seu próximo passo? Por que compensa ser o criador de uma categoria. Embora o mundo tome café há mais de 500 anos, se entrarmos em uma cozinha moderna para observar como a bebida é preparada, provavelmente veremos um processo que guarda pouca semelhança com métodos usados ​​apenas uma geração atrás.

Por que compensa ser o criador de uma categoria

Em casas e empresas, o consumidor está migrando para o café em cartuchos, em doses únicas — moda lançada pela americana Keurig na década de 1990 —, e deixando de lado a velha garrafa térmica. A Keurig entrou no mercado doméstico em 2004. As vendas decolaram: hoje seus cartuchos — K-Cups — vêm em mais de 200 sabores e, nos Estados Unidos, custam cerca de US$ 0,50 cada um. Jovem milionário dos apps aconselha: se tiver uma ideia, ponha em prática - geral - geral. Você tem uma ideia de tecnologia e quer ganhar uma fortuna ainda na adolescência?

Jovem milionário dos apps aconselha: se tiver uma ideia, ponha em prática - geral - geral

Coloque-a em prática, aconselha o estudante londrino que acaba de vender o seu aplicativo de notícias para smartphones ao Yahoo por valor estimado em 30 milhões de dólares. O dinheiro está lá, à espera de ideias novas e espertas, disse Nick D'Aloisio, 17, que tem entre os investidores em seu app Summly gente conhecida como Yoko Ono e Rupert Murdoch. "Se você tem uma boa ideia, ou acredita que haja uma lacuna no mercado, aja logo e lance seu produto, porque existem investidores em todo o mundo em busca de empresas para investir", disse à Reuters em uma entrevista por telefone na segunda-feira.

Os termos da venda, acertada quatro meses depois do lançamento do app Summly para o iPhone, não foram revelados, e D'Aloisio, que ainda está no segundo grau, não quis falar a respeito. Mas o blog de tecnologia AllThingsD estimou o valor da aquisição em cerca de 30 milhões de dólares. Steve Jobs estava errado? Steve Jobs estava errado.

Steve Jobs estava errado?

É preciso olhar para os consumidores quando o assunto são produtos inovadores. Steve Jobs estava errado. É preciso observar os consumidores quando o assunto são produtos inovadores Há muito tempo uma frase de Steve Jobs ficou famosa por afirmar que os clientes não sabem lhe dizer como o seu próximo produto deve ser. As empresas criam e os clientes consomem.

Mas, o ritmo de inovação está cada vez maior e os clientes estão ganhando acesso à novas ferramentas que acabam por democratizar a inovação. Com isso, os clientes têm se tornado uma importante fonte de novas ideias para as marcas. Para ser competitivo, as marcas precisam olhar para fora e cultivar as comunidades de clientes criativos que estão moldando o futuro dos seus produtos. Aqui vamos compartilhar 5 exemplos de clientes criativos que mudaram os produtos de maneira surpreendente. Economia Criativa. Os executivos e empresários brasileiros precisam romper com os velhos padrões e conceitos ligados á economia da chamada era industrial e considerar seriamente os ativos que o país já possui e ainda pode desenvolver na nova era da criatividade. Aproveitar os bem-sucedidos exemplos nativos que fazem sucesso no mundo todo nos campos da música, do esporte e, agora, também do cinema, valorizá-los e construir uma indústria de excelência sobre esses valores é uma forma de melhorar a posição brasileira no chamado índice Global da Classe Criativa.

Este índice foi desenvolvido pelo economista americano Richard Florida, considerado um dos importantes pensadores econômicos (para não dizer gurus) da atualidade. O Índice Global da Classe Criativa leva em conta o que Florida chama de três tês do desenvolvimento econômico: talento, tecnologia e tolerância. Florida diz que sua próxima pesquisa irá mapear as cem maiores cidades do Em primeiro lugar parabéns pelo Oscar. LinkedIn cria projeto para desenvolver empreendedorismo entre os funcionários. MateriaBrasil. Portal Inovação.

Adolescente lança marca de doces saudáveis que faz sucesso até com Gisele Bündchen. Menino de 15 anos criou a Unreal Brands e, agora, quer brigar com gigantes como M&Ms e Snickers Reprodução/Site Aos 15 anos, ele toca uma empresa que tem Gisele Bundchen, Tom Brad e Matt Damon entre clientes Uma discussão familiar foi o ponto de partida para o adolescente Nicky Bronner, de Boston, iniciar sua jornada que busca recriar os doces prediletos dos norte-americanos.

Adolescente lança marca de doces saudáveis que faz sucesso até com Gisele Bündchen

Aos 15 anos de idade ele comanda uma marca que bate de frente com gigantes como M&Ms e Snickers. ::: Siga o Estadão PME nas redes sociais ::: :: Twitter :: :: Facebook :: :: Google + :: Com confeitos e caramelos com chocolate livres de conservantes, 40% menos açúcar e apenas ingredientes naturais, acredite se quiser, ele já opera sob o aporte de investidores de peso e atrai o engajamento público de astros como Gisele Bündchen, Tom Brad, Matt Damon e o cantor John Legend. Metamáquina 3D: vídeo para o projeto do Catarse.me. Quem aprendeu a INOVAR, aprendeu como? TEDxBerkeley - Inspiring Innovation - Dr. Yong Zhao: Transformative Technology. (06/26/2008) Na área de inovação, sobram recursos e faltam projetos- CENBRACOM. CIETEC – Inovação e Empreendedorismo. Fundo Criatec.