background preloader

Secularism / atheism

Facebook Twitter

Como a ascensão evangélica está mudando as relações sociais e políticas no país. Depois de agitar o Congresso com bandeiras conservadoras empunhadas em nome do Senhor e ensaiar marchas militares com o exército dos Gladiadores do Altar, agora a cruzada evangélica chegou à novela das nove.

Como a ascensão evangélica está mudando as relações sociais e políticas no país

Se faltavam sinais para medir o tamanho da ascensão religiosa no país, o boicote que refreou os índices de audiência da global Babilônia indica que a escalada pentecostal chegou à sala de nossas casas. Sentou no sofá. E está mudando a programação. A reação começou a partir de uma nota indignada lançada pela Frente Parlamentar Evangélica contra o beijo das atrizes Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg, exibido no primeiro capítulo da trama, no dia 16 de março. The kids of Jesus Camp, 10 years later: 'Was it child abuse? Yes and no'

Ten-year-old Andrew Sommerkamp, with his shy demeanor and floppy blond hair, mounts the stage of the Kids On Fire church camp, and nervously tells the crowd that he’s struggling with his belief in God.

The kids of Jesus Camp, 10 years later: 'Was it child abuse? Yes and no'

He’d spent days watching his fellow Christian campers weep uncontrollably, repenting and begging God’s forgiveness, and he has a confession to share. “I just want to talk about belief in God ... I’ve been having a hard time with it,” he says, staring at the ground, scared and confused as the other kids look around at each other with anxiety in their eyes. “To believe in God is hard because you don’t see him, you don’t know him much. Papa Francisco: Ateus que seguem própria consciência serão bem vindos no céu. Crianças sem religião são mais generosas, diz estudo. O Brasil virou o país do fanatismo? - Galileu. As eleições presidenciais acabaram em outubro, com a legítima eleição da presidente Dilma Rousseff.

O Brasil virou o país do fanatismo? - Galileu

Desde o começo do ano, à medida que cada vez mais pessoas aprenderam a escrever “impeachment”, a reação dos partidários de ambos os lados ganhou contornos ainda mais radicais. Em meados de março, duas manifestações tomaram conta das ruas das principais cidades brasileiras: uma a favor do governo, e a outra, maior em número, contra. Os protestos não registraram confusões, mas foram palco de cenas preocupantes: faixas com a suástica nazista pedindo a volta da ditadura militar em plena avenida Paulista, pessoas hostilizando jornalistas ideologicamente contrários ao movimento e acusações de golpismo para quem é contra o governo.

Durante os pronunciamentos da presidente e de dois de seus ministros na televisão, milhares de pessoas saíram na janela de casa para promover um panelaço – o barulho foi tão alto que abafou qualquer possibilidade de ao menos tentar ouvir o que diziam. 1. 2. 3. 4. 5. Filhos de pais não religiosos têm valores éticos mais fortes  Ensino laico centraliza debate  Se oficialmente o Brasil é considerado um Estado laico, pois a Constituição e outras legislações preveem a liberdade de crença religiosa para os cidadãos , na prática, o que se vê é o preconceito e a intolerância como parte da lição de casa de milhares de crianças e jovens do ensino fundamental brasileiro.

Ensino laico centraliza debate 

Essa conclusão é da professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB), Débora Diniz, que analisou as 25 obras mais usadas para o ensino religioso nas escolas públicas do país. O estudo gerou o livro “Laicidade: O Ensino Religioso no Brasil” e diz que a disciplina, da forma como está configurada, é uma ameaça à liberdade religiosa ao tentar impor questões católicas, além de promover a homofobia. “Em uma escola pública, a educação deve ser laica. A liberdade religiosa não pode ser a liberdade de uma corrente em detrimento de outras. Isso é imposição de uma crença, e o preconceito começa assim. O pai e ator paraense Johnny Russel concorda. Particulares. Richard Dawkins, what on earth happened to you? Another day, another tweet from Richard Dawkins proving that if non-conscious material is given enough time, it is capable of evolving into an obstreperous crackpot who should have retired from public speech when he had the chance to bow out before embarrassing himself. — Richard Dawkins (@RichardDawkins)July 29, 2014Date rape is bad.

Richard Dawkins, what on earth happened to you?

Stranger rape at knifepoint is worse. Ateus têm vida sexual melhor. Anônimo arremata carta de Einstein sobre religião por US$ 3 milhões - 26/10/2012 - Ciência. Um comprador anônimo arrematou nesta semana, por pouco mais de US$ 3 milhões, uma carta do físico Albert Einstein (1879-1955), na qual o gênio alemão de origem judaica ataca a ideia de Deus, a Bíblia e o próprio judaísmo.

Anônimo arremata carta de Einstein sobre religião por US$ 3 milhões - 26/10/2012 - Ciência

A venda foi feita pelo site de leilões e compras virtuais eBay. A carta, escrita à mão em alemão, foi enviada por Einstein ao filósofo judeu Erik Gutkind pouco antes da morte do físico. Eis o que diz um dos principais trechos do texto: "A palavra Deus é, para mim, nada mais do que a expressão e o produto das fraquezas humanas, e a Bíblia uma coleção de lendas honradas, ainda que primitivas, e que de qualquer maneira são bastante infantis. Holanda tem 44% da população de ateus e transforma igrejas e templos em livrarias, cafés e casas de shows. Quanto mais religioso, mais pobre tende a ser um país, diz pesquisa - 27/09/2010.

27/09/2010 - 08h16 Quanto mais religiosos são os habitantes de um país, mais pobre ele tende a ser.

Quanto mais religioso, mais pobre tende a ser um país, diz pesquisa - 27/09/2010

Essa é a conclusão de uma pesquisa Gallup feita em 114 nações e divulgada no último dia 31 que mostra uma correlação forte entre o grau de religiosidade da população e a renda "per capita". Correlação, vale lembrar, é um conceito traiçoeiro. Quando duas variáveis estão correlacionadas, tanto é possível que qualquer uma delas seja a causa da outra como também que ambas sejam efeitos de outros fatores. Paul Kurtz. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Paul Kurtz

Paul Kurtz (21 de dezembro de 1925 – 20 de outubro de 2012[2] [3] [4] ) foi um cético e humanista secular. Ele foi chamado de "o Pai do humanismo secular".[5] Ele foi professor emérito de filosofia na Universidade Buffalo, tendo anteriormente ensinado em Vassar, Trinity, e no Union colleges, além da New School for Social Research. Kurtz fundou a editora Prometheus Books em 1969. Ele também foi o fundador e presidente do Comitê para a Investigação Cética, o Council for Secular Humanism, e o Center for Inquiry. Table of Contents. An Atheist Manifesto.

Update: (2/08/2006 1:35 p.m.

An Atheist Manifesto

Why Atheism? Just about everyone is an atheist when it comes to other gods — the gods that other people believe in or that nobody believes in anymore.

Why Atheism?

I’m an atheist about all gods because there's no reliable evidence for any god, or even for Jesus. There is also extensive evidence that Jesus and all gods are fictional characters — myths created mainly by primitive people who had little understanding of how our universe operates. Atheism. Secular humanism. The philosophy or life stance of secular humanism (alternatively known by some adherents as Humanism, specifically with a capital H to distinguish it from other forms of humanism) embraces human reason, ethics, and philosophical naturalism while specifically rejecting religious dogma, supernaturalism, pseudoscience, and superstition as the basis of morality and decision making.[1][2][3][4] The International Humanist and Ethical Union (IHEU) is the world union of more than one hundred Humanist, rationalist, irreligious, atheistic, Bright, secular, Ethical Culture, and freethought organizations in more than 40 countries.

The "Happy Human" is the official symbol of the IHEU as well as being regarded as a universally recognised symbol for those who call themselves Humanists. Secular humanist organizations are found in all parts of the world. Those who call themselves humanists are estimated to number between four and five million people worldwide. Council for Secular Humanism.