World politics

Facebook Twitter

Global Problems. Um novo retrato da desigualdade global. Distância entre nações reduziu-se, mas elite de super-ricos isolou-se ainda mais.

Um novo retrato da desigualdade global

Tornou-se claro: injustiças não são “naturais”, mas cuidadosamente produzidas. O artigo é de Joseph Stiglitz, prêmio Nobel de Economia, em artigo publicado no blog The Great Divide, do New York Times e reproduzido pelo sítio Outras Palavras, 15-10-2013. 9-11: Institutional Analysis vs. Conspiracy Theory. The following is an exchange between a ZNet Sustainer and Noam Chomsky, which took place in the Sustainer Web Board where Noam hosts a forum… ZNet Sustainer: Dear Noam, There is much documentation observed and uncovered by the 911 families themselves suggesting a criminal conspiracy within the Bush Administration to cover-up the 9/11 attacks (see DVD, 9/11: Press for Truth).

9-11: Institutional Analysis vs. Conspiracy Theory

Additionally, much evidence has been put forward to question the official version of events. This has come in part from Paul Thompson, an activist who has creatively established the 9/11 Timeline, a free 9/11 investigative database for activist researchers, which now, according to The Village Voice’s James Ridgeway, rivals the 9/11 Commission’s report in accuracy and lucidity (see, or www.cooperativeresearch.org). WebCite query result. Mundo - As ligações perigosas. Mercosul desagrada interesses dos Estados Unidos, afirma Samuel Pinheiro Guimarães. Para o embaixador, não corresponde à realidade o anunciado pela imprensa sobre o fim do Mercosul, da mesma forma que a superestimação da Aliança do Pacífico Mário Augusto Jakobskind, do Rio de Janeiro (RJ) Nas últimas semanas se intensificou nos grandes meios de comunicação brasileiros a tese segundo a qual o Mercosul estaria com os dias contados.

Mercosul desagrada interesses dos Estados Unidos, afirma Samuel Pinheiro Guimarães

A carta em que o embaixador americano no Brasil agradece o apoio da NSA. No último mês de junho, o mundo tomou conhecimento do maior programa de monitoramento em massa de comunicações de que se tem notícia até hoje, promovido pela Agência Nacional de Segurança, a NSA, do governo dos Estados Unidos.

A carta em que o embaixador americano no Brasil agradece o apoio da NSA

As revelações foram feitas pelo ex-consultor Edward Snowden, que trabalhou para a NSA e copiou milhares de documentos sigilosos. Vazados inicialmente para o jornal britânico The Guardian (publicados pelo colunista Greenwald, que também assina esta reportagem), os papéis revelam a escala global da ação da NSA. No mês passado, o jornal O Globo revelou que o Brasil era um dos alvos prioritários da ação da agência americana. Em Brasília, o porta-voz escalado pelo governo americano para tratar de um assunto tão delicado foi o embaixador Thomas Shannon Jr., no cargo desde fevereiro de 2010.

Ele minimizou o conteúdo das reportagens. Divida Pública, Orçamento e Gastos - Profª. Dra. María Lúcia Fattorelli. Blackwater's Black Ops. Internal documents reveal the firm's clandestine work for multinationals and governments.

Blackwater's Black Ops

Over the past several years, entities closely linked to the private security firm Blackwater have provided intelligence, training and security services to US and foreign governments as well as several multinational corporations, including Monsanto, Chevron, the Walt Disney Company, Royal Caribbean Cruise Lines and banking giants Deutsche Bank and Barclays, according to documents obtained by The Nation . Blackwater's work for corporations and government agencies was contracted using two companies owned by Blackwater's owner and founder, Erik Prince: Total Intelligence Solutions and the Terrorism Research Center (TRC). Serj Tankian - Borders Are - Lyric Video. JPMorgan. Woman Rights & Feminism.

Data

Asia. Middle east. Europe. International organizations. Cadtm. World bank. Imf. The Political Notebook. Natural resources. Water. Oil. Metal ores. International news. Human rights. Crise econômica de 2008-2012.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Crise econômica de 2008-2012

Mapa-múndi mostrando taxas de crescimento real do PIB para 2009. (Países em marrom estão em recessão econômica.) A Grande Recessão[1] é uma crise económica global que ainda hoje se faz sentir após a crise financeira internacional precipitada pela falência do tradicional banco de investimento estadunidense Lehman Brothers, fundado em 1850. Em efeito dominó, outras grandes instituições financeiras quebraram, no processo também conhecido como "crise dos subprimes".[2] [3] Alguns economistas, no entanto, consideram que a crise dos subprimes tem sua causa primeira no estouro da "bolha da Internet" (em inglês, dot-com bubble), em 2001, quando o índice Nasdaq (que mede a variação de preço das ações de empresas de informática e telecomunicações) despencou.[4] Noam Chomsky Resources. "As long as the Internet was under control of the Pentagon, it was free.

Noam Chomsky Resources

People could use it freely [for] information sharing. That remained true when it stayed within the state sector of the National Science Foundation.