background preloader

Filosofia

Facebook Twitter

Efeito Dunning-Kruger + Síndrome do Impostor. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Efeito Dunning-Kruger + Síndrome do Impostor

O Efeito Dunning-Kruger é o fenómeno pelo qual indivíduos que possuem pouco conhecimento sobre um assunto acreditam saber mais que outros mais bem preparados, fazendo com que tomem decisões erradas e cheguem a resultados indevidos; é a sua incompetência que os restringe da habilidade de reconhecer os próprios erros.[1] Estas pessoas sofrem de superioridade ilusória. Mário Ferreira dos Santos. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Mário Ferreira dos Santos

Mário Ferreira dos Santos (Tietê, 3 de janeiro de 1907 – 11 de abril de 1968) foi um filósofo brasileiro, criador de um sistema filosófico a que chamou Filosofia Concreta. Tomás de Aquino. Erística. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Erística

A erística é a arte ou técnica da disputa argumentativa no debate filosófico, empregada com o objetivo de vencer uma discussão e não necessariamente de descobrir a verdade de uma questão. Esta técnica foi desenvolvida principalmente pelos sofistas. Como diria Arthur Schopenhauer, "Dialética erística é a arte de discutir, mais precisamente, a arte de discutir de modo a vencer, e isto per fas et per nefas (por meios lícitos ou ilícitos). De fato, é possível ter razão objetivamente no que diz respeito à coisa mesma, e não tê-la aos olhos dos presentes ou inclusive aos próprios olhos. José Osvaldo de Meira Penna. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

José Osvaldo de Meira Penna

Biografia[editar | editar código-fonte] Formou-se em Direito pela Universidade do Brasil, tendo ingressado na carreira diplomática em 1938, na qual permaneceu até 1981, ano de sua aposentadoria. Serviu o país em diversas localidades, tendo chefiado, ao longo de sua carreira, sete embaixadas brasileiras. Cursou também a Universidade de Columbia (Nova Iorque), o Instituto Carl Gustav Jung de Psicologia (Zurique), e a Escola Superior de Guerra no Rio de Janeiro. Os primeiros anos de sua vida diplomática foram vividos em Calcutá, Xangai e Ankara. O que é Direita e Esquerda - Olavo de Carvalho. Russell Kirk. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Russell Kirk

Russell Kirk (19 de outubro de 1918 – 29 de abril de 1994) foi um filósofo político, historiador, crítico social, crítico literário, e autor literário conhecido pela sua influência no conservadorismo americano durante o século XX. Seu livro, The Conservative Mind, publicado em 1953, deu forma ao movimento conservador pós-Segunda Guerra Mundial. Na obra é estudado o desenvolvimento do pensamento conservador na tradição anglo-americana, dando especial atenção às idéias de Edmund Burke.

Olavo de Carvalho - Porque é tão difícil para brasileiros, entender o óbvio? Noção da Realidade ➤ Olavo de Carvalho. O Imbecil Coletivo - Olavo de Carvalho entrevistado por Pedro Bial. Alexandre Borges, Publicitário e diretor do Instituto Liberal. Os Verdadeiros Burros e os Falsos Loucos - Fiodor Dostoievski. O mais esperto dos homens é aquele que, pelo menos no meu parecer, espontâneamente, uma vez por mês, no mínimo, se chama a si mesmo asno..., coisa que hoje em dia constitui uma raridade inaudita.

Os Verdadeiros Burros e os Falsos Loucos - Fiodor Dostoievski

Outrora dizia-se do burro, pelo menos uma vez por ano, que ele o era, de facto; mas hoje... nada disso. E a tal ponto tudo hoje está mudado que, valha-me Deus! , não há maneira certa de distinguirmos o homem de talento do imbecil. A Mentira é a Base da Civilização Moderna - Teixeira Pascoaes. É na faculdade de mentir, que caracteriza a maior parte dos homens actuais, que se baseia a civilização moderna.

A Mentira é a Base da Civilização Moderna - Teixeira Pascoaes

Ela firma-se, como tão claramente demonstrou Nordau, na mentira religiosa, na mentira política, na mentira económica, na mentira matrimonial, etc... Zygmunt Bauman - Zygmunt Bauman: ​Para que serve a sociologia? O que é sociologia?

Zygmunt Bauman - Zygmunt Bauman: ​Para que serve a sociologia?

Por que fazer sociologia? Como fazer? Qual o seu alcance? Essas quatro perguntas são respondidas por Zygmunt Bauman, em sua mais recente obra lançada no Brasil, Para que serve a sociologia?. Fundamentalismo e a modernidade líquida: a nova forma da religião. “Há, porém, uma forma especificamente moderna de religião, nascida das contradições internas da vida pós-moderna, da forma especificamente pós-moderna em que se revelam a insuficiência do homem e a futilidade dos sonhos de ter o destino humano sob controle do homem.

Fundamentalismo e a modernidade líquida: a nova forma da religião

Essa forma veio a ser conhecida sob o nome inglês de fundamentalism [fundamentalismo] ou sob o nome francês de intégrisme, exibindo sua presença cada vez mais influente em toda a parte do mundo outrora dominada pelas religiões cristã, islâmica e judaica” (Mal Estar na Pós-Modernidade, Zygmunt Bauman) Fundamentalismo como medida totalitária. Imagem: Outras Palavras E assim começa a digressão de Bauman sobre a emergência do fundamentalismo. Modernidade Líquida, O Que É?

Modernidade líquida: resumo – a biografia de Zygmunt Bauman Zygmunt Bauman Zygmunt Bauman é um sociólogo polonês nascido em 1925 que tem como ideia mais popular o conceito de modernidade líquida.

Modernidade Líquida, O Que É?

Modernidade. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A modernidade costuma ser entendida como um ideário ou visão de mundo relacionada ao projeto empreendido a partir da transição teórica operada por Descartes, com a ruptura com a tradição herdada - o pensamento medieval dominado pela Escolástica - e o estabelecimento da autonomia da razão, o que teve enormes repercussões sobre a filosofia, a cultura e as sociedades ocidentais.1 O projeto moderno consolida-se com a Revolução Industrial e está normalmente relacionado com o desenvolvimento do capitalismo.

A modernidade transita, em seu fechamento e esgotamento, para a pós-modernidade. Muitos teóricos trataram dessa transição e tentaram sondar para ver além dos limites da transição para tentar captar que outro mundo estava surgindo. Pós-modernidade. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A pós-modernidade é um conceito da sociologia histórica que designa a condição sócio-cultural e estética prevalente no capitalismo após a queda do Muro de Berlim (1989), o colapso da União Soviética e a crise das ideologias nas sociedades ocidentais no final do século XX, com a dissolução da referência à razão como uma garantia de possibilidade de compreensão do mundo através de esquemas totalizantes. [1] O uso do termo se tornou corrente embora haja controvérsias quanto ao seu significado e a sua pertinência. O conceito de pós-modernidade inclui, portanto, o que se designa como pós-modernismo em arte - especialmente na arquitetura. O crítico brasileiro Mário Pedrosa foi um dos primeiros a utilizar este termo, em 1966 [6] .

Em importante artigo sobre a arte de Hélio Oiticica, publicado no Correio da Manhã de 26 de junho de 1966, Pedrosa afirmava: Fronteiras - Bauman. Zygmunt Bauman e a Pós-Modernidade. Zygmunt Bauman. Arrow of time. Arthur Stanley Eddington The arrow of time, or time's arrow, is a concept developed in 1927 by the British astronomer Arthur Eddington involving the "one-way direction" or "asymmetry" of time. Pragmatismo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Os Pragmatistas C. Peirce, W.

James, J. Pirâmide de Maslow: ainda é atual ou está ultrapassada? - Artigos - Marketing. Construtivismo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Construtivismo é uma das correntes teóricas empenhadas em explicar como a inteligência humana se desenvolve partindo do princípio de que o desenvolvimento da inteligência é determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio. A ideia é que o homem não nasce inteligente, mas também não é passivo sob a influência do meio, isto é, ele responde aos estímulos externos agindo sobre eles para construir e organizar o seu próprio conhecimento, de forma cada vez mais elaborada. Émile Durkheim. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Émile Durkheim (Épinal, 15 de abril de 1858 — Paris, 15 de novembro de 1917) é considerado um dos pais da Sociologia tendo sido o fundador da escola francesa, posterior a Marx, que combinava a pesquisa empírica com a teoria sociológica. É amplamente reconhecido como um dos melhores teóricos do conceito da coesão social.[1] Partindo da afirmação de que "os fatos sociais devem ser tratados como coisas", forneceu uma definição do normal e do patológico aplicada a cada sociedade, em que o normal seria aquilo que é ao mesmo tempo obrigatório para o indivíduo e superior a ele, o que significa que a sociedade e a consciência coletiva são entidades morais, antes mesmo de terem uma existência tangível.

Essa preponderância da sociedade sobre o indivíduo deve permitir a realização deste, desde que consiga integrar-se a essa estrutura. Teoria tridimensional do direito. Como é chato ser MODERNO. Lógica paraconsistente. Martin Heidegger. Emergency compliment : A steady supply of Emergency Compliments to be used at times of great insecurity. S Razor - Informações Temáticas - Occam - Consultoria e Formação. Warning: Parameter 2 to PlumeSmartyPants::parseContent() expected to be a reference, value given in /home/occampt1/public_html/manager/inc/class.hook.php on line 42 Occam’s Razor. What is Occam's Razor? [Physics FAQ] - [Copyright] Updated 1997 by Sugihara Hiroshi.

Paradigma. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Paradigma (do latim tardio paradigma, do grego παράδειγμα, derivado de παραδείκνυμι «mostrar, apresentar, confrontare») é um conceito das ciências e da epistemologia (a teoria do conhecimento) que define um exemplo típico ou modelo de algo. É a representação de um padrão a ser seguido. É um pressuposto filosófico, matriz, ou seja, uma teoria, um conhecimento que origina o estudo de um campo científico; uma realização científica com métodos e valores que são concebidos como modelo; uma referência inicial como base de modelo para estudos e pesquisas.

Verdades absolutas e tolerância - Stephen Kanitz. Dialética. Olavo de Carvalho. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Georg Wilhelm Friedrich Hegel. O Pecado Capital da Acídia na Análise de Tomás de Aquino. Giordano Bruno. Imanência. Portal:Filosofia. Metafísica. Liberalismo. Mercado livre. Liberdade econômica. Democracia grega x Democracia contemporânea. Iluminismo + História da Filosofia. Vitalismo. Lógica epistêmica. Epistemologia. Ôntico. Argumento da causa primeira. Argumento teleológico. Contingência. Weltanschauung. Lixo = Escola de Frankfurt.