background preloader

ARTIGOS

Facebook Twitter

Revista Mundorama. Political conditions for successful inflation stabilization: comparing Brazil and Argentina – an interview with Yonca Özdemir, por Leonardo C. Bandarra. Curbing inflation has historically been one of the chief issues regarding Latin American economic agenda.

Political conditions for successful inflation stabilization: comparing Brazil and Argentina – an interview with Yonca Özdemir, por Leonardo C. Bandarra

In countries such as Brazil and Argentina, one can experience a never-ending struggle of conflicting conceptions about the best way to conduct the economy and to keep market liquidity under manageable conditions. In both countries, governments that successfully shrunk inflation had to cajole sundry stakeholders in order to settle the appropriate political scenario to implement their liberal-oriented stabilization plans. Even though they had to face grim political support at Congress and, in the case of Brazil, a hectic multi-partisan system, President Fernando Henrique Cardoso and his Argentine counterpart, Carlos Menem, were able to successfully gather the support they needed to achieve their economic objectives.

This was made possible due to their leadership skills, through which they overcame the opprobrium their stabilization plans generated among myriad political sectors. Sem estabilizar Iraque e Síria, há pouca chance de paz. Geral 16-11-2015, 9h42 Combate ao Estado Islâmico deve ir além do enfrentamento militar A estratégia das intervenções no Kosovo (1999) e no Afeganistão (2001) têm elementos que nortearam ações militares ocidentais no Iraque (2003) e na Síria (2011).

Sem estabilizar Iraque e Síria, há pouca chance de paz

A Guerra do Kosovo foi a primeira em que se invocou a chamada diplomacia de direitos humanos para justificar uma intervenção militar. Ou seja, usar um imenso poder militar para proteger vítimas de crimes de direitos humanos. Depois do massacre que havia acontecido na Guerra da Bósnia, em 1995, a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), que reúne a maior aliança militar do planeta, decidiu intervir para interromper uma limpeza étnica do então ditador Slobodan Milosevic, da Sérvia, contra uma população de origem albanesa. 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial: conflitos localizados compõem cenário que antecede grandes guerras. Suzy Scarton.

70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial: conflitos localizados compõem cenário que antecede grandes guerras

70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial: Como o conflito impactou o Direito Internacional. Juliano Tatsch e Suzy Scarton Tropas do Exército alemão invadem o território polonês em 6 de setembro de 1939 O século XX se caracterizou por um período histórico em que as fronteiras entre as nações se expandiram, senão territorialmente, por meio de canais de comunicação e influência que transformaram o mundo por completo.

70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial: Como o conflito impactou o Direito Internacional

Os efeitos de uma decisão política, de um conflito armado, de uma medida econômica, deixaram de ficar restritos aos limites territoriais dos países. Estando interligadas, com ações locais refletindo em todo o globo, as nações se viram diante de um novo sistema de relações, fossem elas estratégicas ou econômicas. Com particularidades próprias, essas relações exigiam regramentos adequados, que fossem além e extrapolassem as normas específicas de cada país. O mito do colapso do poder americano - Resenha. O mito do colapso do poder americano - José Luís Fiori, Carlos Medeiros, Franklin Serrano. Senado dos EUA aprova projeto de lei de reforma migratória. WASHINGTON - O Senado americano aprovou nesta quinta-feira a reforma da Lei de Imigração por 68 votos a 32.

Senado dos EUA aprova projeto de lei de reforma migratória

O projeto de lei, de 1.200 páginas, ainda tem que passar pela Câmara dos Representantes, onde deve enfrentar mais dificuldades. O projeto, a maior proposta de reforma migratória desde 1986, aprovado no Senado abre caminho para a legalização de 11 milhões de imigrantes ilegais no país. Apoiado pelo presidente Barack Obama, ele prevê ainda o investimento de US$ 46 bilhões na segurança das fronteiras. Mais cedo, o obstáculo final havia sido removido, quando 68 senadores, incluindo 14 republicanos, votaram a favor de encerrar o debate e enviar o projeto para a votação final na Casa. The Pendulum and the President. FP Group CEO and Editor David Rothkopf's newly released book is a follow-up to his acclaimed earlier history of U.S. foreign policy making in the modern era Running the World: The Inside Story of the National Security Council and the Architects of American Power.

The Pendulum and the President

¡Bienvenidos, Habibi! BOGOTÁ — Before he came to Colombia, all that Mohammed had ever heard about the country was "violence, drugs, and war.

¡Bienvenidos, Habibi!

" Certainly, when the 28-year-old Syrian fled Damascus just over a year ago, Colombia did not register as a possible place to resettle. "I never thought about South America at all," Mohammed says, sitting in an upscale apartment in Bogotá where he offers visitors coffee, vodka, Oreo cookies, and yogurt. He speaks in a mix of heavily accented English and halting Spanish. "The idea to be a refugee here was so far from my mind. " Estado Islâmico do Iraque e do Levante. BBC Brasil - Notícias - 'Novo petróleo' promete mudar mapa geopolítico da energia. Brasil e Argentina, coluna vertebral sulámericana. 04 DE ABRIL DE 2012.

Brasil e Argentina, coluna vertebral sulámericana

OBAMA - Os EUA Devem Sempre Liderar. White House Academia Militar dos EUA – West Point West Point, Nova York 28 de maio de 2014 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DURANTE DISCURSO DE FORMATURA NA ACADEMIA WEST POINT (trechos do Discurso) Para a íntegra em inglês acesse Link PRESIDENTE: Obrigado.

OBAMA - Os EUA Devem Sempre Liderar

(Aplausos.) Muito obrigado. Obrigado. Quatro anos e meio depois, em sua formatura, o cenário mudou. Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana

A Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana, ou simplesmente IIRSA, é um programa conjunto dos governos dos 12 países da América do Sul que visa a promover a integração sul-americana através da integração física desses países, com a modernização da infraestrutura de transporte, energia e telecomunicações, mediante ações conjuntas. Pretende-se, assim, estimular a integração política, econômica, sociocultural da América do Sul. União de Nações Sul-Americanas. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. La OTAN vuelve al juego de la disuasión. Armas, dinero y talento diplomático. El mundo ha cambiado, pero los instrumentos que emplean las grandes potencias para hacer valer sus intereses no varían: armas, dinero y talento diplomático. La OTAN deja atrás 12 largos años en Afganistán, una misión que ha sido sangrienta, a ratos frustrante y en las que se han visto divisiones internas, pero en la que la Alianza entrevió un futuro como punto de interconexión entre las fuerzas aliadas y las de países terceros, con nuevas líneas de actividad como el entrenamiento de Ejércitos, el diseño de infraestructuras defensivas y la denominada defensa inteligente (la vieja historia de hacer más con menos chequera).

Should China Welcome an Asian NATO. If China is truly concerned about a remilitarized Japan, it should embrace an Asian NATO. Earlier this month, I discussed the possibility that Asian nations might form a collective security mechanism if the threat from China continues to grow. As I noted then, and has been confirmed since, most observers believe that a NATO-like organization isn’t possible in Asia due to existing divisions within the region and a general desire not to alienate China, who is the top trading partner for much of the region.

While I concurred that a collective security mechanism is not in the cards for Asia at present, I argued in the original piece that it can’t be ruled out in the long-term. What I failed to mention previously is that in some ways China should welcome an Asian NATO. A importância da Ásia na Parceria Trans-Pacífico. Discuss this articleShare your views with other visitors, and read what they have to say Neste artigo, o autor mostra que a abrangência e o grau de ambição da Parceria Trans-Pacífico, associados à intensidade econômica e social da Ásia, fazem desse acordo uma ferramenta chave para que países latino-americanos ampliem seu acesso a mercados na região asiática. Montagem de exército europeu é sonho, dizem especialistas. Lúcia Jardim Direto de Paris O anúncio, nesta semana, da instalação de tropas alemãs em território francês pela primeira vez desde o final da Segunda Guerra Mundial reabriu não apenas a discussão sobre as feridas da França ocupada pelo nazistas, mas chamou a atenção para a possibilidade cada vez mais distante de a Europa conseguir montar o seu próprio exército.

As etapas do processo de integração regional. Uma análise a partir do modelo europeu - Artigos - Jus Navigandi. Você está imprimindo a página 1 de 2 desta publicação. Caso queira imprimir o texto completo acesse: Crise global: a alternativa da China e o que ela diz ao Brasil. [Este é o blog do site Outras Palavras em CartaCapital. Aqui você vê o site completo] Ao escrever, na semana passada, sobre o sistema chinês de trens de alta velocidade, a correspondente do New York Times, Keith Bradsher, não escondeu sua admiração. Apenas cinco anos depois de inaugurada, relatou, a rede já tem quase dez mil quilômetros. Serve mais de cem cidades. Colunistas - Clóvis Rossi - São árabes? Que se matem - 14/05. 14/05/2013 - 03h00 Timothy Garton Ash, um dos mais respeitados acadêmicos do planeta, desconfiava tempos atrás, em artigo para "El País", que a passividade do Ocidente ante o morticínio na Síria escondia, "no pior e mais vergonhoso dos casos, que, para os europeus, a vida de um árabe não tem tanto valor como a de um europeu".

É triste ter que concordar com ele, se se estender a suspeição ao Ocidente de modo geral. Só assim se explicariam dois anos de passividade diante de um desastre humanitário de proporções inacreditáveis. Já deveria ser suficiente para justificar uma intervenção o fato de que o número de mortos está chegando a 100 mil, se se somarem aos 82 mil mortos os 12 mil desaparecidos. Mas há mais, conforme relata Robert Mardini, chefe de operações da Cruz Vermelha para o Oriente Próximo e Médio: "Centenas de civis são mortos ou feridos todos os dias. Evo expulsa da Bolívia agência americana de desenvolvimento - internacional - geral.

LA PAZ, BOLÍVIA - O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou nesta quarta-feira, 1, a expulsão da agência de ajuda internacional do governo americano, a USAID. Evo acusou o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, de ter tratado a América Latina como "quintal dos EUA". Evo participa de celebrações do 1.º de maio. Triplica o número de estrangeiros em busca de refúgio no Brasil. O representante do Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), Andrés Ramirez, e o presidente do Comitê Nacional para Refugiados, Paulo Abrão. O número de estrangeiros que solicitam refúgio no Brasil mais que triplicou em 2012 em comparação com 2010, revela estatísticas consolidadas neste mês pelo Comitê Nacional para Refugiados (Conare), presidido pelo Ministério da Justiça. Provenientes principalmente de grandes crises humanitárias, novas ou relacionadas a conflitos antigos que continuam provocando deslocamentos, 2.008 pessoas pediram refúgio no país no ano passado.

Em 2010 foram 566 solicitações feitas à Polícia Federal (um aumento de 254%). Em relação a 2011, quando foram registradas 1.138 solicitações de refúgio, o aumento também foi expressivo (76%) em comparação aos dados de 2012. Para 2013, o Conare estima que serão contabilizadas 2.580 novas solicitações, mantendo a tendência de crescimento dos pedidos de refúgio feitos por estrangeiros no Brasil. Haitianos revivem no Acre a miséria de um país - politica - versaoimpressa. Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD. Carreira de diplomata muita dificuldade. Assédio Moral sofrido por ex-funcionário local do Itamaraty. PNUD Brasil - ONU terá escritório no centro de São Paulo. Do PNUD e da Comunicação Internacional de SP. Irã parabeniza Coreia do Norte por lançamento de foguete. Prêmio Nobel reconhece Europa como 'continente da paz' - internacional - europa.

Blog das Frases - Maria da Conceição Tavares: "O alvo não é o Mantega; é 2014" Brasil não tem estrutura nem ambição para ser rico, diz economista indiano - 03/12. Mais estrangeiros já são barrados no Brasil que brasileiros no exterior - brasil - geral. 2005 World Summit. Gazeta Russa - a melhor conexão entre o Brasil e a Rússia. Le Monde Diplomatique Brasil. Iran Contradicts Itself Again about Pastor Youcef to Brazil. Ilhas Malvinas: 30 anos depois da Guerra - Malvinas.

Caso Paraguai-2012

Para virar potência, Brasil não pode ‘ser amigo de todo mundo’, diz FT - economia - internacional. A Cria o do Estado de Israel. A forma o do Estado de Israel. Manifestantes invadem embaixada britânica em Teerã. Feira põe armas e tanques militares à venda no Líbano. Governo lança Plano Estratégico de Fronteiras. Marxismo Cultural: Noruega: multiculturalismo falhou.