Poetry

Facebook Twitter

Maior Prazer Dar que Receber - Cesare Pavese. Mais Populares Não há dúvida de que é inútil e prejudicial lamentarmo-nos perante o mundo.

Maior Prazer Dar que Receber - Cesare Pavese

Resta saber se não é igualmente inútil e prejudicial lamentarmo-nos perante nós próprios. Casa dos Poetas - Blogue de Poesia, poetas portugueses e do mundo. Pernoitas em Mim - Al Berto. Mais Populares foram breves e medonhas as noites de amor/ e regressar do âmago delas esfiapava-lhe o corpo/ habitado ainda por flutuantes mãos/ / estava nu/ sem água e sem luz que lhe mostrasse como era/ ou como po... no regresso encontrei aqueles/ que haviam estendido o sedento corpo/ sobre infindáveis areias/ / tinham os gestos lentos das feras amansadas/ e o mar iluminava-lhes as máscaras/ esculpidas pelo dedo ... visita-me enquanto não envelheço/ toma estas palavras cheias de medo e surpreende-me/ com teu rosto de Modigliani suicidado/ / tenho uma varanda ampla cheia de malvas / e o marulhar das noites povoad...

Pernoitas em Mim - Al Berto

Ofício de Amar - Al Berto. Mais Populares foram breves e medonhas as noites de amor/ e regressar do âmago delas esfiapava-lhe o corpo/ habitado ainda por flutuantes mãos/ / estava nu/ sem água e sem luz que lhe mostrasse como era/ ou como po... no regresso encontrei aqueles/ que haviam estendido o sedento corpo/ sobre infindáveis areias/ / tinham os gestos lentos das feras amansadas/ e o mar iluminava-lhes as máscaras/ esculpidas pelo dedo ... pernoitas em mim/ e se por acaso te toco a memória... amas/ ou finges morrer/ / pressinto o aroma luminoso dos fogos/ escuto o rumor da terra molhada/ a fala queimada das estrelas/ / é noite ainda/ o...

Ofício de Amar - Al Berto

Amei Demais - Joaquim Pessoa. Mais Populares Estou mais perto de ti porque te amo./ Os meus beijos nascem já na tua boca./ Não poderei escrever teu nome com palavras./ Tu estás em toda a parte e enlouqueces-me./ / Canto os teus olhos mas não se...

Amei Demais - Joaquim Pessoa

Quem morre de tempo certo/ ao cabo de um certo tempo/ é a rosa do deserto/ que tem raízes no vento./ / Qual a medida de um verso/ que fale do meu amor? William Blake. Houve uma Ilha em Ti - Joaquim Pessoa. Houve uma ilha em ti que eu conquistei.

Houve uma Ilha em Ti - Joaquim Pessoa

Uma ilha num mar de solidão. Tinha um nome a ilha onde morei. Chamava-se essa ilha Coração. Que saudades do tempo que passei.