background preloader

#RevoltadoVinagre

Facebook Twitter

Campanha pela regulamentação do armamento de baixa letalidade! Silvio Mota, ex-integrante da ALN: ‘O mensalão foi uma burrice’ Estudante tenta beijar PM em cordão de isolamento de protesto no centro do Rio. A Batalha do Vinagre: por que o #protestoSP não teve uma, mas muitas hashtags. Rede de Rts contendo a palavra “tarifa” no Twitter, coletados entre 17h às 23h50.

A Batalha do Vinagre: por que o #protestoSP não teve uma, mas muitas hashtags

Estranhei o porquê uma manifestação tão intensa – a da luta contra o aumento da tarifa de ônibus em São Paulo – ser convocada na internet sem o uso de uma hashtag. Num primeiro momento, a percepção é que os movimentos no Brasil se inclinam e se articulam no Facebook, site que se tornou padrão de relacionamento social no país. Foi no “Face” que o evento “Terceiro Grande Ato contra o aumento da passagem” se viralizou: 28 mil perfis confirmados. Perfis não, pessoas – por mais que juridicamente se associe uma coisa a outra.

Perfil é apenas um modo de ser sujeito, tal como indivíduo também é. O evento é o velho fórum de discussão que sempre aglutinou comunidades inteiras na rede, desde 1979, quando a Usenet veio à público. Representações. Hermano Vianna O colunista escreve às sextas Fábio Malini publicou o texto mais interessante que li a respeito dos protestos que tomaram conta das ruas brasileiras.

Representações

O link completo: fia-das-controversias/a-batalha-do-vinagre -por-que-o-protestosp-nao-teve-uma-mas -muitas-hashtags/. Escolhi não abreviar esse longo endereço no bitly.com porque todos seus elementos me ajudam a explicar do que se trata. “Labic” é o Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura, coordenado por Malini e Fábio Goveia, e localizado — no mundo real — na Universidade Federal do Espírito Santo. Blog Galileu » O ponto em comum entre a praça Taksim e avenida Paulista. O sociólogo espanhol Manuel Castells falou nesta terça-feira em São Paulo sobre esta nova modalidade de manifestação social – que começa na internet e vai para as ruas Ao mesmo tempo em que o sociólogo espanhol Manuel Castells falava em mais uma palestra do evento Fronteiras do Pensamento, que aconteceu no Teatro Geo na terça-feira desta semana, em São Paulo, a tensão entre manifestantes contra o aumento da passagem de ônibus e a polícia militar chegava às vias de fato a poucos quilômetros dali, na Avenida Paulista.

Blog Galileu » O ponto em comum entre a praça Taksim e avenida Paulista

Não estava alheio ao que acontecia na cidade, ao citar o protesto paulistano como uma das inúmeras manifestações de uma indignação que, nos últimos cinco anos, tem começado em um novo espaço social, a internet, para depois chegar às ruas, em massa. FILME 2,95 RJ. Rio - Protesto pacífico em frente à casa de Sérgio Cabral. Manifestantes fizeram um protesto pacífico em frente à casa do governador Sérgio Cabral nesta sexta-feira (21/6) gritando palavras de ordem e levando cartazes contra a administração do Rio de Janeiro.

Rio - Protesto pacífico em frente à casa de Sérgio Cabral

Policiais militares fizeram um cordão de isolamento para cercar o prédio onde Cabral mora, na rua Aristides Spínola, quase esquina com general San Martin, mas não houve necessidade de nenhum tipo de intervenção porque os manifestantes não cometeram nenhum ato de violência. Um pequeno grupo até tentou cometer algum tipo de vandalismo, mas foi imediatamente contido pelos próprios manifestantes que, na grande maioria, fizeram questão de manter o protesto pacífico.

À tarde, Cabral disse em entrevista coletiva que atos de vandalismo não podiam ser tolerados, mas diante do ato pacífico em frente a sua residência, o governador preferiu não aparecer. O “partido das ruas” está sendo construído nas manifestações. Uma nova geração política está, extasiada, tomando consciência da sua força coletiva quando ocupa as ruas.

O “partido das ruas” está sendo construído nas manifestações

E pretende ficar nelas enquanto o transporte público se degradar, evangélicos aprovarem a “cura gay”, ruralistas assassinarem índios e ecologistas, tecnocratas e banqueiros continuarem suas negociatas e os governantes administrarem tudo isso em nome da governabilidade José Correa Leite, 18 de junho de 2013 O descontentamento latente com a política brasileira, por parte da juventude das grandes cidades, que vinha se acumulando nos últimos anos eclodiu nesta segunda-feira em protestos por todo o país. Centenas de milhares de pessoas – 230 mil numa soma rebaixada de alguns jornais – saíram às ruas para manifestar sua inconformidade, tendo como catalisador o aumento da tarifa dos transportes públicos e os protestos convocados pelo Movimento Passe Livre a partir da grande repressão que sofreu em São Paulo na última quinta-feira. E nesta terça atos massivos continuam ocorrendo. Manifestantes invadem Câmara de Vereadores em Maringá, no Paraná - 18/06.

Curtas do Poder Curtas do poder Não é por nada, mas até hoje não me recuperei do susto que levei quando soube, na última sexta-feira, lá em Mar Grande, desse balaio de gato que fizeram na chapa do Soberano.

Manifestantes invadem Câmara de Vereadores em Maringá, no Paraná - 18/06

Soube que Geddel indicou Joaci de pirraça, pois o sujeito não tem voto. Jornal Nacional - CE: passeata reúne oito mil manifestantes no Juazeiro do Norte. Juiz eleitoral quer Facebook fora do ar no Brasil por 24 horas. BRASÍLIA – A rede social Facebook poderá ter que suspender o acesso dos usuários em todo o país por 24 horas por descumprimento da legislação eleitoral.

Juiz eleitoral quer Facebook fora do ar no Brasil por 24 horas

A decisão é do juiz da 13ª Zona Eleitoral, de Florianópolis, Luiz Felipe Siegert Schuch. No final da tarde desta sexta-feira, o Facebook apresentou a Schuch pedido de reconsideração da decisão. O juiz ainda analisa o caso, que só deve ser decidido na próxima segunda-feira. Se a decisão do juiz for mantida, o Facebook deverá interromper o acesso à rede social e apresentar a informação de que o site está fora do ar por descumprir a legislação eleitoral. Se essa determinação não for atendida, a empresa terá que pagar multa diária de R$ 50 mil e o prazo de suspensão do Facebook no país será duplicado. De acordo com a decisão, o Facebook descumpriu uma liminar anterior que determinou que fosse retirada do ar a página “Reage Praia Mole”. Manifestantes relatam 'dia histórico' de protestos pelo país.

As manifestações que tomaram o país na última segunda-feira contra o aumento nas tarifas de transporte público levaram milhares de pessoas às ruas e foram motivo de orgulho para inúmeros internautas, que relataram pelas redes sociais como foi participar de um dia que muitos definem como "histórico".

Manifestantes relatam 'dia histórico' de protestos pelo país

"Durante a manifestação - percorremos o trecho entre a estação Faria Lima e a ponte Estaiada - não presenciei nenhum ato de vandalismo. A única violência vinha das palavras de indignação dos manifestantes. Mais que uma manifestação, foi um desabafo", conta um dos manifestantes. "Vários ônibus no meio do caminho, parados, vazios, como se estivessem pedindo para ser depredados. Rio - Tá nas redes: site cria "vaquinha" para ajudar operador de rádio no Rio. Tá nas redes: protestos também têm música em todo o Brasil. Durante as manifestações que ocorreram nesta segunda-feira em todo o país, e em toda a história durante os protestos contra a ditadura, as músicas deram o tom ao movimento.

Tá nas redes: protestos também têm música em todo o Brasil

E alguns desses momentos estão sendo compartilhados no twitter e no Facebook nesta terça-feira. Em diversos momentos do protesto de São Paulo, por exemplo, assim como em todo o país, os manifestantes cantaram o Hino Nacional, na tentativa de demonstrar o orgulho pelo país. No Rio, a ideia foi levada a outro nível: alguns músicos, entre eles membros da banda Orquestra Voadora, usaram seus instrumentos para tocar, entre outras músicas, "Isto aqui, o que é", um clássico do compositor Ary Barroso que conta algumas das maravilhas do Brasil.

A iniciativa fez sucesso durante o protesto e deve ser repetida nas próximas manifestações. Tags: de, demonstrar, em, momento, o, orgulho, país, pelo, que, tentativa, vive. Irlanda, Canadá e Alemanha promovem manifestações em apoio a protestos no Brasil. Polícia Civil se junta a manifestantes em BH e alerta turistas sobre falta de segurança. Cerca de 12 mil manifestantes se reuniram, no início da tarde desta segunda-feira (17), na praça Sete, região Central de Belo Horizonte, e protestam contra o preço das passagens de ônibus, os gastos com as Copas do Mundo e a repressão.

Polícia Civil se junta a manifestantes em BH e alerta turistas sobre falta de segurança

Membros da Polícia Civil de Minas Gerais se juntaram ao grupo, com mensagens surpreendentes escritas em diferentes idiomas. Arnaldo Jabor - Amigos, eu errei. É muito mais do que 20 centavos. Entrada (2.763) - dona.ervilha - Gmail. Não aceitamos. Polícia atira bombas contra manifestantes e famílias na Quinta da Boa Vista. RIO - Uma manifestação realizada nas proximidades do Maracanã terminou com um ataque indistinto de policiais contra manifestantes e famílias que passavam o domingo na Quinta da Boa Vista. No início da tarde, o grupo de cerca de mil pessoas que tentava se aproximar do estádio, onde Itália e México se enfrentaram pela Copa das Confederações, foi dispersado, com bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

Os manifestantes se refugiaram na Quinta, área federal, vetada ao Batalhão de Choque, que passou a atirar mais bombas e gás de pimenta do lado de fora, atingindo também pessoas que nada tinham a ver com o protesto. — Estava com as minhas duas filhas, como sempre faço em alguns domingos do ano. A polícia chegou jogando bomba de efeito moral. Minhas filhas ficaram desesperadas, eu não sabia o que fazer. O relações públicas da Polícia Militar, coronel Frederico Caldas, no entanto, afirmou que não houve excesso do Batalhão de Choque na repressão aos manifestantes. . — Quanta gente né... Viva a primavera da juventude brasileira! Há tempos eu não encontrava um assunto tão desafiador como esses levantes da juventude.

De início, fiquei chocado, negativamente, com algumas cenas: jovens queimando a bandeira do Brasil; um outro vestido com as cores dos EUA exibindo uma bandeira do Brasil pichada com a palavra Lixo; depredação da sede de um partido político; destruição de patrimônico público, ônibus, agências… Depois a coisa se complicou na minha cabeça. Não era bem assim. Datena tomando nabo em pesquisa! Passe Livre. Histórico! Famosos se reúnem em movimento que pede mudanças no Brasil. Carmo Dalla Vecchia Na noite deste domingo, 16, vários famosos se mobilizaram nas redes sociais em ação que clama por mudanças no Brasil usando as hashtags “muda Brasil” e “dói em todos nós”. Carmo Dalla Vecchia, Fernanda Rodrigues, Thaila Ayala, Mayana Neiva, Miguel Rômulo, entre outros, postaram no Instagram fotos suas em que aparecem com o olho roxo - em referência à repórter Giuliana Vallone, do jornal “Folha de São Paulo”, que foi atingida por bala de borracha durante manifestação em São Paulo.

As imagens fazem parte do protesto fotográfico "Dói em Todos Nós", do fotógrafo Yuri Sardenberg. “Vivi muito anos metendo o pau no que achava que estava errado nesse país, na nossa política, criticando e sentindo falta de fazer algo a mais, sentindo falta de atitude da população, de nós brasileiros acomodados. No Olho Do Furacão. A Revolta do Vinagre #PLOC 07 #changebrazil #revoltadovinagre. Polícia joga gás lacrimogêo dentro da Quinta da Boa Vista. Chamado à Polícia - #oGIGANTEacordou. Revolta da Salada com Bee Gees. Vem pra rua. Vem pra rua porque na rua tem a maior manifestação do Brasil! Sem confronto, PM mineira "abre caminho" para 8 mil manifestantes em BH - Brasil. Ampliar Protestos se espalham pelo Brasil100 fotos 24.fev.2014 - Policiais usaram óculos com câmeras acopladas durante a manifestação de professores das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro no centro da cidade.

Os docentes fizeram uma passeata de 24 horas nesta segunda-feira Julio Cesar Guimaraes/UOL Aproximadamente 8.000 manifestantes foram acompanhados pela Polícia Militar mineira, neste sábado (15), em Belo Horizonte (MG). O protesto contra o aumento da passagem de ônibus, à Copa do Mundo e ao projeto de lei do Nascituro, que tramita na Câmara Federal, ocorreu sem confronto e com a polícia interditando ruas por onde os manifestantes passariam. As passagens de ônibus na capital mineira foram reajustadas no final de dezembro do ano passado. Manifestação no Centro de BH reúne oito mil pessoas, diz PM - notícias em Minas Gerais. Manifestação reuniu cerca de oito mil pessoas no Centro de Belo Horizonte (Foto: Humberto Trajano) Cerca de oito mil pessoas, em sua maioria, jovens e estudantes, participaram da manifestação pacífica que percorreu a Savassi e o Centro de Belo Horizonte, na tarde deste sábado (15), segundo a Polícia Militar. Brasileiros marcam protesto em Berlim para apoiar manifestações em São Paulo - Marie Claire.

Conheça cidades que têm transporte público de graça. Os protestos relacionados ao aumento da tarifa do transporte coletivo em São Paulo levantam, novamente, a discussão sobre o modelo de “Tarifa Zero”. Protesto em Niterói, RJ, acaba com detido e sem diálogo, após 4h30. Milhares já escolheram sapatos que não vão apertar. O dia 13 de junho de 2013 está na história do Brasil – e certamente, na história da mídia brasileira. Adriano Diogo: “Infiltraram policiais civis e militares no meio da garotada para incitar a violência" Por Conceição Lemes. Força Nacional de Segurança é a resposta do PT às manifestações.

Diante do recrudescimento dos protestos populares em diversas cidades do País, principalmente em São Paulo e no Rio, o governo federal, que já havia ordenado que a Polícia Federal “investigasse” os manifestantes, voltou a tona hoje com carga maior ainda de fascismo. O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, declarou que a Força Nacional de Segurança está “a disposição” dos governos estaduais para intervir nos protestos: Turcos fazem ato de apoio a ativistas brasileiros contra tarifa do transporte. Please Help Us. Uma virada na cobertura - Comentário para o programa radiofônico do Observatório, 14/6/2013. De repente, não mais que de repente, o noticiário sobre as manifestações que paralisam grandes cidades brasileiras há uma semana sofre uma reviravolta: agora os jornais começam a enxergar os excessos da polícia e mostrar que no meio da tropa há agentes provocadores e grupos predispostos à violência.

Um dos relatos mais esclarecedores sobre o momento em que a passeata realizada na capital paulista na quinta-feira (13/06) deixou de ser pacífica é feito pelo colunista Elio Gaspari, na Folha de S.Paulo e no Globo (ver "A PM começou a batalha na Maria Antônia"). Passagem de ônibus em Macaé, RJ, custa R$ 1,00 a partir desta sexta-feira - notícias em Serra, Lagos e Norte do RJ. A prefeitura de Macaé, no estado do Rio de Janeiro, sancionou a lei que reduz o preço da passagem de ônibus na cidade para R$ 1,00. Sem polícia, protesto contra a tarifa em Curitiba termina sem violência. Atos são marcados em 27 cidades no exterior em apoio a protestos no Brasil - saopaulo - saopaulo. Dezenas de manifestações estão sendo organizadas em outros países em apoio aos protestos contra aumento de tarifa de ônibus realizados no Brasil, principalmente depois do ato de quinta-feira, dia 13, marcado pela ação violenta da Polícia Militar.

Há eventos marcados pelo Facebook em pelo menos 27 cidades da Europa, Estados Unidos e América Latina. A organização está sendo feita por brasileiros que moram em outros países e muitas contam com a confirmação online de milhares de pessoas, como é o caso do ato organizado em Dublin, na Irlanda. Revolta do Buzu Salvador 2003 - De Carlos Pronzato - Documentário Completo.