background preloader

Crisyamazaki

Facebook Twitter

Dr. Seuss. Apoio ao professor. Gandhi Piorski.

Devir-criança

Fiação. Fundo de bolsas. Livros. Naturebas. Infográficos. Design instrucional. Educação. Alfabetização. Educational Uses of Digital Storytelling. Digital storytelling allows computer users to become creative storytellers by first beginning with the traditional processes of selecting a topic, conducting research, writing a script, and developing an interesting story.

Educational Uses of Digital Storytelling

This material is then combined with various types of multimedia, including still images, recorded audio, computer-generated text, video clips, and music so that it can be played on a computer, added to a web site, posted on a blog, or burned on a DVD. The script for an educational digital story is one of the most important components that students will create. We stress to our students and workshop participants that a good digital story must first be a good story and that no matter how much expertise a student has with technology, a poorly written story will not be improved by fancy transitions and other digital effects.

Curadoria

Arte têxtil. Treinamento. Paineldasvendasdelivrosnobrasil3.pdf. Editor, edição, texto. Quadrinhos para crianças. Didáticos na Educação Infantil. Didáticos. TEDxO'Porto - Sandra Fisher-Martins - The right to understand. Proposal Writing Course – Lesson 1 Customer-centric proposals. Informação clara/plain language/lenguaje ciudadano.

Analfabetismo científico. É preciso levar o conhecimento da ciência e desenvolvê-lo por meio da crítica e de questionamentos, principalmente nas áreas de saúde e meio ambiente.

Analfabetismo científico

E quanto mais aproveitarmos a realidade local para inserir a ciência, melhor será a dinâmica do aprendizado. É o que defende a pesquisadora Virgínia Schall, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde e uma das mais destacadas na área de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. Segundo ela, é preciso se preocupar com o que alguns pesquisadores já denominam analfabetismo científico – uma expressão que significa falta de acesso ou dificuldade de apreender o conhecimento disponível – e elaborar programas nos quais o ensino da ciência permita a jovens e crianças compreender melhor o mundo e ter uma posição mais crítica sobre ele. Rudolf Steiner Archive. Waldorf Critics.

Tecnologia e antroposofia

Histórias, contos de fadas. Anthroposophical Initiatives. Antroposofia (publicações) Mitos. Pedagogia Waldorf. A Influência de Goethe no pensamento steineriano – Goethe's influence on steneirian thought - A. A Influência de Goethe no pensamento steineriano – Goethe’s influence on steneirian thought - Profa.

A Influência de Goethe no pensamento steineriano – Goethe's influence on steneirian thought - A

Dra. Rosely A. Romanelli - UNEMAT roselyromanelli@yahoo.com.br plano prático, seu trabalho de cuidar dos assuntos artísticos e culturais da corte de Weimar possibilitou-lhe a reflexão sobre a arte e a estética. A partir dessas influências, Goethe escreveu seu artigo Imitação simples da natureza, Maneira e Estilo (1789), com reflexões acerca do exercício dos olhos e das mãos do artista e os diversos graus de perfeição possíveis de se atingir através da pintura. Uma imitação simples da natureza, produzindo em suas obras objetos agradáveis e limitados, de acordo com a classificação do autor. Maneira. O artista já capacitado a expressar opinião própria sobre os objetos vê, apreende e forma o mundo diferentemente, captando suas manifestações mais serena ou mais levemente e reproduzindo-as de maneira mais fugaz ou mais sólida (trad.

(Goethe, traduzido p/ Veiga, 1995:2). Estilo, Index. Creación de imágenes mentales: el gran déficit de los niños de la era tecnológica - Voz y Movimiento. Las imágenes mentales creadas por uno mismo al escuchar una historia o al leer, perduran en la memoria a través del tiempo.

Creación de imágenes mentales: el gran déficit de los niños de la era tecnológica - Voz y Movimiento

Los cuentos siempre han sido una fuente que ha nutrido a los niños a nivel emocional y también han ayudado al desarrollo de capacidades cognitivas como son la memoria y la atención, pero ante todo, a esta imprescindible capacidad de imaginar y recrear imágenes interiores mentales, capacidad que es la base de muchas otras funciones. En esta era plagada de imágenes externas que bombardean al niño, ya sea a través de TV, tables, Pc, móvil o incluso ilustraciones, cada vez los niños presentan más dificultades en crear imágenes mentalmente. A mayor consumo exterior, menor creación interior. Esto está acarreando graves problemas de aprendizaje y también sociales. Para interesarme por lo que me cuenta otra persona y empatizar con ello, necesito ser capaz de imaginármelo. Traduzindo em formas a pedagogia Waldorf. Resumo: A Escola Waldorf teve sua origem na Alemanha em 1919, quando o dono da fábrica de cigarros alemã Waldorf Astoria pediu a Rudolf Steiner, educador e filósofo, que organizasse uma escola para os filhos de seus operários.

Traduzindo em formas a pedagogia Waldorf

Assim, Steiner idealiza a pedagogia Waldorf com a missão desenvolver não só o lado intelectual das crianças, mas também, o emocional, o psicológico, o intuitivo e a experiência concreta. Dentro deste contexto, a experiência espacial que toca a criança, física e criativamente, é considerada tão significativa quanto o ensino das matérias que alimenta a capacidade intelectual e social da criança. Consequentemente existe uma preocupação em proporcionar aos alunos espaços físicos adequados ao processo de ensino. Este fato se reflete na arquitetura de seus prédios, que se destacam por suas formas orgânicas e peculiares, caracterizando um tipo arquitetônico. Pesquisa com usuários: como escolher a técnica certa? Bom, você já está convencido de que é importante e vale a pena fazer pesquisa com usuários.

Pesquisa com usuários: como escolher a técnica certa?

Se não está, volte duas casas ao post anterior. O próximo passo é: escolher o tipo de pesquisa mais adequado para cada contexto e para cada pergunta a ser respondida. Mas para que serve cada técnica? O diagrama abaixo pode ajudar: Diagrama criado para o curso de teste de usabilidade, com base no artigo de Christian Rohrer (2008), com as práticas mais comuns em nosso mercado. UX Methods & Deliverables — Hints from the lazy bear. METHODCARDS-v3-slim.pdf. Rosenfeld Media.

Tecnologias

Tecnologia e crianças. 18_01_03.pdf. Ferramentas para professores. Autoria. Apps. REA.