background preloader

POLITICA

Facebook Twitter

Top News - A gambiarra internacional de Lula.

BRASIL - CRISE POLITICA - 2016

VIDEO POLITICA. ECONOMIA. A Nova Era e a Revolução Cultural - Apêndice I. 3a edição, revista e aumentada.

A Nova Era e a Revolução Cultural - Apêndice I

Apêndice I. As esquerdas e o crime organizado Comando Vermelho. A História Secreta do Crime Organizado, de Carlos Amorim, é um trabalho de valor excepcional, cuja leitura se recomenda a todos os brasileiros que se preocupem com o futuro deste país. Futuro do qual se pode ter um vislumbre pelas palavras de William Lima da Silva, o "Professor", fundador e guru do Comando Vermelho, citadas à p. 255: Não vou aqui resumir o livro, pois pretendo que o leiam.

Jornalista diz que ela e Dilma nunca foram torturadas. Antes que falem que isso é uma invenção, confira o próprio texto no blog da própria Mírian Macedo, postado em 2011!

Jornalista diz que ela e Dilma nunca foram torturadas

Segue a reprodução: A verdade: eu menti. Acordos de leniência: tire suas dúvidas sobre o que eles podem significar na Operação Lava-Jato. RIO e BRASÍLIA - Ele divide a opinião de criminalistas e advogados especialistas em Direito Econômico e permite que as empresas investigadas pela Operação Lava-Jato procurem ‘limpar a barra’ diante da Justiça.

Acordos de leniência: tire suas dúvidas sobre o que eles podem significar na Operação Lava-Jato

Há quem afirme que aderir a ele seria uma manobra para evitar a proibição de participar de licitações públicas e de pagar multas altas. Outros acham que as empreiteiras não enxergarão vantagens em fornecer ao governo provas que ajudariam o Ministério Público a manter presos seus sócios, presidentes e diretores. Diante de tanta polêmica, O GLOBO fez uma seleção das principais dúvidas sobre acordos de leniência em perguntas e respostas. O que sobrou de Dilma, Lula e… Zé de Abreu. 1) Impeachment a) Senado Dilma Rousseff está prestes a ser afastada por 180 dias da Presidência da República pelo Senado Federal, o que deverá ocorrer na quinta-feira, 12 de maio.

O que sobrou de Dilma, Lula e… Zé de Abreu

Mészáros: A disputa pelo Estado – Blog da Boitempo. Entrevista especial com István Mészáros.

Mészáros: A disputa pelo Estado – Blog da Boitempo

No contexto do lançamento de seu novo livro, A montanha que devemos conquistar: reflexões acerca do Estado, o filósofo marxista húngaro István Mészáros concedeu uma longa entrevista a Leonardo Cazes para o jornal O Globo, em que discutia alguns aspectos centrais da obra, como sua concepção de Estado, de democracia e da crise estrutural do capital, à luz de alguns dos protestos e mobilizações políticas que vêm se alastrando mundo afora.

O resultado foi publicado parcialmente em fevereiro deste ano na matéria “Filósofo István Mészáros analisa ascenção de novos partidos na Europa como Syriza e Podemos“. A material completo, contudo, supera em mais de três vezes o espaço disponibilizado pelo jornal. Olavo de Carvalho - Sapientiam Autem Non Vincit Malitia. Super-ricos no Brasil são sustentados pela classe média e pelos pobres. De acordo com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da Heritage Foundation, de 2014 e 2015, a carga tributária média mensal brasileira é a quinta mais baixa entre as 20 maiores economias do mundo e está longe de figurar como a mais elevada do planeta.

Super-ricos no Brasil são sustentados pela classe média e pelos pobres

“Quando a gente avalia, na comparação com outros países, vemos que os cerca de 36% de carga tributária [em relação ao PIB] do Brasil está na média dos outros lugares. A incrível fábula do Lobão Mau e os Três Porquinhos - Senso Incomum. Chico Buarque e Lula, antes do apartamento em Paris, do triplex no Guarujá e do sítio em Atibaia O antissemitismo de Richard Wagner incomoda, assim como a alienação política de Prokofiev, que se submeteu passivamente ao comunismo soviético, também incomoda.

A incrível fábula do Lobão Mau e os Três Porquinhos - Senso Incomum

A irresponsabilidade e o antiprofissionalismo de Tim Maia incomoda. A morte precoce de Amy Winehouse, vitimada pelo crack, incomoda. Artistas, em sua maioria, não são analistas políticos, não são economistas, não são filósofos, não são santos; artistas são apenas artistas. Lenin: “Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é!” Quatro vídeos educativos.

Lenin: “Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é!”

Mas antes, a Dra. Ana tem um recado: “Mas o psicopata não é um doente mental da forma como nós o entendemos. O doente mental é o psicótico, que sofre com delírios, alucinações e não tem ciência do que faz. Vive uma realidade paralela. 50 geniais filmes políticos e sociais. Political Scam. Ferramentas para checagem e busca de informações. O fortalecimento da tendência à produção de jornais locais e hiperlocais aumentou as responsabilidades de redações minúsculas onde jornalistas devem executar várias funções simultaneamente.

Ferramentas para checagem e busca de informações

Duas delas são cruciais para o futuro de cada veículo: garimpagem de notícias e verificação de autenticidade, contexto e relevância. O site norte-americano Storyful usou sua experiência na prática do jornalismo na internet para selecionar 10 ferramentas, em sua maioria gratuitas, que podem facilitar o trabalho de repórteres e editores envolvidos no dia a dia da notícia.

10 estratégias de manipulação da mídia – Noam ChomskyPensador Anônimo. 1.

10 estratégias de manipulação da mídia – Noam ChomskyPensador Anônimo

A estratégia da distração. O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração, que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundação de contínuas distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir que o público se interesse pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética.

“Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado; sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja com outros animais (citação do texto “Armas silenciosas para guerras tranquilas”). 2. 3. Populismo x República. A esquerda depois do PT. Por Luis Felipe Miguel. Constituição Federal. Code examples - Cookie Consent - Sitebeam. Examples of analytics tracking code Google Analytics. Révolution industrielle 3D. NAZISMO. New society. Social Change. La Ilustración. War. Imperialism. POLÍTICA PARA NÃO SER IDIOTA - Mário Sérgio Cortella. O Livro Negro do Comunismo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Liberalismo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Adam Smith, um dos principais economistas liberais. Liberalismo é uma filosofia política ou visão do mundo fundada sobre ideais de liberdade e igualdade.[1] Os liberais defendem uma ampla gama de pontos de vista, dependendo de sua compreensão desses princípios, mas geralmente apoiam ideias como eleições livres e justas, direitos civis, liberdade de imprensa, liberdade de religião,[2] livre comércio[3] e propriedade privada.[4] [5] [6]

Unitarianism. Guerra Fria. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Guerra Fria é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991), um conflito de ordem política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre as duas nações e suas zonas de influência.

Project Humanity & Earth. Extrato Parlamentar. Dominio, poder y violencia contra el cuerpo. Transparência Brasil - Quem Quer Virar Excelência nas Eleições de 2014. Esta ferramenta traz informações históricas sobre todos os candidatos que concorrem às eleições de 2014. Desenvolvedores de aplicações podem recolher os dados numa API (aqui) desenvolvida para a Transparência Brasil pela Sensedia, com apoio do Atenção: Na busca por candidatos é sempre necessário definir um estado. A busca pode ser feita de duas formas: 1) por estado e cargo, por estado e partido ou combinando os três critérios; 2) pelo estado e nome (ou parte do nome) ou número do candidato.

A lista de candidatos é publicada pelo TSE. A Transparência Brasil recolhe seus dados e os confronta com informações sobre políticos que a entidade acumula em seus projetos Às Claras (resultados e financiamento eleitoral de eleições passadas) e Excelências (desempenho parlamentar na Câmara dos Deputados e Senado Federal). Newsletter Incancelável. ABRAJI - Eleição Transparente. Portal da Transparência nos Recursos Públicos Federais. James B. Glattfelder: Quem controla o mundo? Mapa da Violência. Tendências mundiais sobre liberdade de expressão e desenvolvimento de mídia. Inverno Brasileiro. Análises. O que é Política.