background preloader

Plantas Medicinais

Facebook Twitter

Ginecologia natural prega o uso de ervas e observação do próprio corpo para cura de doenças. Há quatro anos, Patrícia Loraine Ribeiro, 32 anos, cuidava da própria saúde como muitas mulheres: ia ao ginecologista periodicamente, tomava anticoncepcional e passava por exames preventivos com regularidade.

Ginecologia natural prega o uso de ervas e observação do próprio corpo para cura de doenças

Em 2011, ela se inscreveu em um curso de doula e nunca mais encarou o consultório ginecológico da mesma maneira. “Entrei em contato com mulheres que tinham uma relação com o ciclo menstrual diferente da que eu conhecia”, resume. Hoje, Patrícia é doula, educadora perinatal e adepta da ginecologia natural (ou autônoma). A prática prega o resgate de conhecimentos antigos, uso de plantas medicinais e observação do próprio corpo na prevenção e na cura de problemas ginecológicos.

Ser apresentada a uma visão mais “amorosa” do próprio corpo, como define Patrícia, mudou sua forma de encarar a si mesma. A estudante de mestrado Juliana Floriano, 30 anos, dá aulas de ginecologia natural há seis anos, no coletivo Matriusca, formado por doulas. Fonte: Matricaria. Terapiadecaminhos.com.br. Mais 35 plantas medicinais para não tomar remédio toda hora - The Greenest Post.

28 jun 2015 Gripe?

Mais 35 plantas medicinais para não tomar remédio toda hora - The Greenest Post

Cólica? Febre? Enxaqueca? Asma? A proposta é da Self Service Pajé, iniciativa do coletivo Opavivará! Funciona assim: você faz uma autoanálise das necessidades do seu corpo e, em seguida, procura as plantas medicinais com propriedades naturais que podem ajudar a supri-las. 1. 2. 3. 4. 5. 35 plantas medicinais para não tomar remédio toda hora - The Greenest Post.

15 jun 2015 Gripe?

35 plantas medicinais para não tomar remédio toda hora - The Greenest Post

Cólica? Febre? Enxaqueca? Asma? Essa é a proposta da Self Service Pajé, iniciativa do coletivo Opavivará! Funciona assim: você faz uma autoanálise das necessidades do seu corpo e, em seguida, procura as plantas medicinais com propriedades naturais que podem ajudar a supri-las. Alimentação e ervas – Alguns chás que podem te ajudar a engravidar. Você quer engravidar e não consegue?

Alimentação e ervas – Alguns chás que podem te ajudar a engravidar

Antes de desistir ou procurar especialistas tente pela forma natural. Como? Parte I – As Ervas Medicinais Amigas das Mulheres. Mais 35 plantas medicinais para não tomar remédio toda hora - The Greenest Post. Manualdaservasciclosfemininos.pdf. Receitas de Chá. Plantas, anticoncepción y aborto. Introducción Desde en principio de los tiempos, se han usado las plantaspara incrementar y disminuir la fertilidad, para interrumpirembarazos o estimular reglas retrasadas.

Plantas, anticoncepción y aborto

Actualmente encontramosinnumerosas fuentes que hablan de plantas emenagogas o plantas aevitar durante el embarazo, mientras que la información ancestralsobre sus usos abortivos se mantiene censurada.A través de la historia los diferentes pueblos han intentadocontrolar su fertilidad, así se han dictado normas jurídicas omorales penalizando las relaciones sexuales o retrasando la edadde inicio en ellas, limitando el número de contactos o dematrimonios e incluso favoreciendo y hasta obligando al aborto.Existen referencias sobre el aborto inducido y sus técnicas, tantoen los libros científicos como en los relatos o novelas. Elmanuscrito más antiguo que se conoce se remonta a más de cuatromil años, es un libro chino que recoge métodos y formas deabortar.