background preloader

Sublime Text 2 Tips and Tricks (Updated)

Sublime Text 2 Tips and Tricks (Updated)
Sublime Text 2 is one of the fastest and most incredible code editors to be released in a long time! With a community and plugin ecosystem as passionate as this one, it just might be impossible for any other editor to catch up. I'll show you my favorite tips and tricks today. Sublime Text 2 is currently available for all major platforms: OS X, Linux and Windows. 1 - Bleeding Edge Versions Sublime is in active development. Download a dev build of Sublime 2 here. 2 - Get a Better Icon Update: here is a better icon. In its defense, Sublime Text 2 is still in a beta state. To integrate it, you need to replace the existing "Sublime Text 2.icns" file with this new one. Please take note of the fact that, if you're using the frequently updated development version of Sublime Text, with each update, the icon will be removed. 3 - Access the Command Palette Similar to TextMate, we can use Sublime's command palette by accessing the Tools menu, or by pressing Shift + Command + P, on the Mac. 8 - Alignment

Welcome to webapp2! — webapp2 v2.5.1 documentation DevTools Extensions For Web App Developers The past year has seen many leaps made to improve developer productivity through better tooling. We're paying increasing attention to our workflow and many of us have spent time optimising our usage of tools like Grunt, Bower, Yeoman and the terminal. Another important area worth spending time on is your debugging workflow – if you're like me, this starts with the Chrome DevTools. When building an application with a specific framework or language abstraction, there's actually some additional tooling available to you in the form of recent DevTools extensions. In this post, I'll share a quick summary of the latest developments in this area, ranging from the recent Ember extension Yehuda Katz presented at EmberCamp through to less well known extensions for Backbone and KnockoutJS developers. Note: Canary DevTools disables icons in the toolbar by default, but I've re-enabled them via the Settings cog to aid with visualisation. Ember Inspector Backbone DevTools Angular Batarang Thorax Inspector

Documentation - Developers | Pokki Interface Each Pokki app has four interface elements that users may interact with; Icon – an icon located in the Pokki area of the user's taskbar. Clicking on this icon opens and closes your app. App window – a window which is displayed when the user clicks on your app’s icon. The figure below shows the interface elements. Architecture Basics Each Pokki app is a collection of files stored in a single directory: Manifest file (manifest.json) that contains metadata about your app HTML window page file (Optional) HTML background page file Any files included by the HTML pages (e.g. images, JavaScript, CSS, etc.) 19x19, 29x29, 42x42, 256x256 versions of the app's icon in PNG format Any directory structures used to hold the files The core components of an app are the two web pages: Window page – an HTML file used to define the app window contents and handle user interaction. The figure below illustrates a Pokki app’s architecture and interactions. Sanboxed Packaging and Delivery System Auto-Update

kellyredding/sublime-text-2-user-settings O Modelo de Referência OSI para Protocolos de Rede O OSI é um modelo usado para entender como os protocolos de rede funcionam. Normalmente quando estudamos redes de computadores este é um dos primeiros tópicos do guia de estudos. O problema, no entanto, é que muitas vezes as pessoas não entendem o porquê da existência deste modelo e/ou como ele funciona – mesmo pessoas que decoram os nomes de todas as sete camadas deste modelo para fazer prova de faculdade ou de certificação não compreendem de fato o seu funcionamento. Neste tutorial explicaremos a você o porquê da existência do modelo OSI e como ele funciona, além de fazer uma rápida correlação entre a pilha de protocolos TCP/IP e o modelo OSI. Quando as redes de computadores sugiram, as soluções eram, na maioria das vezes, proprietárias, isto é, uma determinada tecnologia só era suportada por seu fabricante. Protocolo é uma “linguagem” usada para transmitir dados pela rede. Você pode ter notado que usamos a palavra “pilha”. O modelo OSI é dividido em sete camadas.

Swagger: A simple, open standard for describing REST APIs with JSON | Reverb for Developers With just a tap, you can browse a Word Wall™, sift through collections of stories around specific topics, or dive into related stories. With Reverb collections, you can collect your favorite articles and topics. From there, Reverb's content recommendations will keep you up-to-date on your favorite topics and help you discover new ones to explore. Organize Social Feeds by Topic Connect to Twitter and Facebook to see what your friends are sharing, sorted and prioritized by what's most relevant to you. Reverb discovers related stories and topics for limitless exploration and browsing. See Story Feeds Related to a Location Reverb's location feature discovers stories related to where you are — giving quick access to fun local information.

o o Protocolo TCP/IP Funciona - Parte 1 O TCP/IP é o protocolo de rede mais usado atualmente. Neste tutorial explicaremos como este protocolo funciona em uma linguagem fácil de entender. Mas, afinal, o que é um protocolo de rede? Um protocolo é uma linguagem usada para permitir que dois ou mais computadores se comuniquem. Antes de continuarmos, nós recomendamos que você leia nosso tutorial O Modelo de Referência OSI para Protocolos de Rede, que é a base para o entendimento de como os protocolos de rede funcionam. O TCP/IP não é na verdade um protocolo, mas sim um conjunto de protocolos – uma pilha de protocolos, como ele é mais chamado. A arquitetura do TCP/IP pode ser vista na Figura 1. Figura 1: Arquitetura do TCP/IP. Como você pode ver, o TCP/IP tem quatro camadas. Após processar a requisição do programa, o protocolo na camada de Aplicação se comunicará com um outro protocolo na camada de Transporte, normalmente o TCP. Vamos falar agora em mais detalhes sobre as camadas e os protocolos do TCP/IP.

O que é Zend Framework Zend Framework é um framework de aplicação web de código aberto, orientado a objetos, implementado em PHP 5 e licenciado como New BSD License. Zend Framework—freqüentemente referido como ZF—é desenvolvido com o objetivo de simplificar o desenvolvimento web enquanto promove as melhores práticas na comunidade de desenvolvedores PHP.A arquitetura use-a-vontade do ZF permite que os desenvolvedores reutilizem componentes quando e onde eles fizerem sentido em suas aplicações sem requerer outros componentes Zf além das dependências mínimas. Não há portanto nenhum paradigma ou padrão que todos os usuários Zend Framework devam seguir, embora ZF forneça componentes para os padrões de projeto MVC e Table Gateway que são usados na maioria das aplicações ZF. História e Filosofia Zend Framework foi concebido no início de 2005 enquanto muitos novos frameworks, tais como Ruby on Rails e Spring Framework, estavam ganhando popularidade na comunidade web development. Licenciamento Patrocinador e parceiros

Related: