background preloader

UML

Facebook Twitter

Rules to Better Project Management with TFS (Creating and Managing Release Plans) Rules to Better Project Management with TFS (Creating and Managing Release Plans) Testes no RUP. Nesse post, falarei sobre a disciplina de Testes dentro do modelo RUP (Rational Unified Process).

Testes no RUP

Antes de demonstrar a aplicação da disciplina de Testes no RUP, apresento aqui uma visão geral do processo. A seguinte ilustração sobre o RUP é bastante explicativa: (fonte: Na imagem acima, temos as fases e as disciplinas que compõem o RUP: Fases: ConcepçãoElaboraçãoConstruçãoTransição Disciplinas: Modelagem de NegócioRequisitosAnálise e ProjetoImplementaçãoTestesImplantaçãoGerência de Configuração e MudançasGerência do ProjetoAmbiente Como o foco é falar sobre Testes, não entrarei em questões relativas a outras disciplinas. Como nota-se na imagem anterior, a disciplina de Testes está presente em todas as 4 fases do projeto. Mas porque iniciar os testes tão cedo e não começar a aplicá-los quando já existir algo construído? A resposta está diretamente ligada aos custos de um projeto: Quanto antes for encontrado um defeito, menos ele vai custar. Blog Cymo Tecnologia em Gestão. Postado por: Milena Prúcoli em Gestão de Processos Sem Comentário BPMN é uma linguagem para construção de modelos de processos de negócios.

Blog Cymo Tecnologia em Gestão

É um padrão de diagramação. Seu valor está em poder ser usada por todos (áreas gerenciais e de TI), facilitando a comunicação. Por basear-se em noções básicas dos fluxogramas tradicionais, ela é ideal para descrever o negócio . BPMN tem apenas três formas básicas: Atividade (retângulo arredondado);Gateway ou Comporta (diamante);Evento (círculo). Apesar disso, para sua expressividade e precisão, demanda de uma quantidade enorme de subtipos de cada uma das três formas básicas: distingue-se pelo estilo de borda, os símbolos, por dentro e colocação no diagrama. A notação BPMN é elaborada e controlada pela a OMG – Object Management Group – uma organização internacional voltada para o desenvolvimento de normas para aplicações voltadas a objetos com foco na integração empresarial (ex.

Unified Process. The Unified Software Development Process or Unified Process is a popular iterative and incremental software development process framework.

Unified Process

Unified Modeling Language. The Unified Modeling Language (UML) is a general-purpose modeling language in the field of software engineering, which is designed to provide a standard way to visualize the design of a system.[1] It was created and developed by Grady Booch, Ivar Jacobson and James Rumbaugh at Rational Software during 1994–95 with further development led by them through 1996.[1] In 1997 it was adopted as a standard by the Object Management Group (OMG), and has been managed by this organization ever since.

Unified Modeling Language

UML graphical notation overview, UML diagram examples, tutorials and reference. Include e Extend no Visio – UML. Esse post, tem como objetivo mostrar como usar include e extend do tipo dependência em casos de uso no visio 2007.

Include e Extend no Visio – UML

UML - Unified Modeling Language - Esteriótipo Include, Esteriótipo Extend, Esteriótipo Realize. Esteriótipo Include Definição de Esteriótipo Entenda Esteriótipo como sendo uma especialidade de .um Relacionamento.

UML - Unified Modeling Language - Esteriótipo Include, Esteriótipo Extend, Esteriótipo Realize

Definição de Include Essa notação é usada para representar sub-fluxos complexos e comuns a vários casos de uso, sempre usados, isto é, necessários. Casos de uso: diferenças entre include, extend e generalização. Vejo muitas situações onde alguns confundem muito o uso de relacionamentos em casos de uso, principalmente com include e extend.

Casos de uso: diferenças entre include, extend e generalização

Diagramas de casos de uso servem para descrever cenários de uma solução a ser desenvolvida, e interações dos usuários (atores) com funcionalidades (casos de uso, conhecidos também como UC) no sistema. Pode-se relacionar o conceito de casos de uso com o conceito de estórias de usuários em scrum/XP. O ator, na minha opinião é uma definição incorreta, pois o termo ator representa um indivíduo, e em UC o ator seria mais uma função, um papel, ou uma responsabilidade, que pode ser exercida por mais de uma pessoa (Ex. Entendendo o Diagrama de Casos de Uso.

Março 17, 2007 às 3:50 am | Publicado em UML | 137 Comentários O diagrama de casos de uso é um diagrama da UML cujo objetivo é representar um requisito do sistema que será automatizado.

Entendendo o Diagrama de Casos de Uso

Considere como requisito uma necessidade do sistema. Simbologia de um caso de uso (requisito que será automatizado): Usamos atores para representar as entidades que interagem com o sistema. Podem ser usuários, máquinas, sensores, etc… Um ator representa um papel no sistema, mas um papel pode ser representando por vários atores. Diagrama de Casos de Uso. Objetivo.

Diagrama de Casos de Uso

Modelo Projeto UML Space. Índice Analítico 1.Introdução a.

Modelo Projeto UML Space

Referências2.Atores que interagem com o Sistema 3.Tabelas dos casos de usoa. Manter Eventosb. Manter Usuáriosc. Comprar Ingressosd. Modelo de Especificação Técnica da Atividade - Procuradoria Geral do Estado do Ceará. De Procuradoria Geral do Estado do Ceará Modelo de Especificação Técnica de Sistema de Atividade Identificação da Atividade ID da Atividade Utilizar a seguinte nomenclatura: PGE-ATV-<Nº da Atividade> Ex.: PGE-ATV-100054 Cadastre sua Atividade na Lista de Atividades Disponíveis. Título da Atividade Descrição da atividade utilizando o verbo principal no infinitivo. Verbos que podem ser utilizados Quanto aos verbos: Usar a lista de verbos a seguir:(Outros verbos serão criados conforme a necessidade, mas deverão estar convencionados nesta lista) Criar Use-o quando a atividade gerar novo registro. Uml diagrama de classe. UML. UML. UML - Interaction Diagrams.

Advertisements Overview: From the name Interaction it is clear that the diagram is used to describe some type of interactions among the different elements in the model. So this interaction is a part of dynamic behaviour of the system. UML Sequence Diagram Tutorial - Pimp My Diagram Episode 2. This short episode of Pimp My Diagram features a sequence diagram from a blog post made by Ken Howard, called 'The three little pigs in UML'. For prosperity's sake, here's a copy of the .pdf file he posted. (If you need a refresher on UML sequence diagrams, check out this quick introduction to UML sequence diagrams) The Unified Modeling Language (UML) The Unified Modeling Language (UML) is not billed as "data modeling" techniques, but as an "object modeling" technique. Instead of entities, it models "object classes".

Close examination of its models, however, shows these to look suspiciously like entity/relationship models. Indeed, Ivar Jacobson even calls these classes entity objects. [Jacobson 1992, p. 132] Because of a confluence of ideas, techniques, personalities, and politics, UML promises to become a standard notation for representing the structure of data in the object-oriented community.