background preloader

Segurança

Facebook Twitter

Segurança Informática: Malware, Vírus, Spyware, Trojans… …e muito mais! Sabe as diferenças entre eles? Tipicamente quando um utilizador suspeita que o seu computador foi infectado é normal dizer que o mesmo tem vírus. Este é o termo mais utilizado pelo utilizador comum e serve para englobar tudo o que “seja mau” no sistema.

No entanto, são muitos os termos que existem para identificar situações específicas de ameaças. Hoje deixamos um resumo das principais diferenças entre Malware, Vírus, Spyware, Trojans, etc. Malware O termo Malware que significa “malicious software/software malicioso”. Vírus É um “software” (ou parte de código) que tem a capacidade de infectar ficheiros e de se replicar (com ou sem a intervenção do utilizador). Spyware Como o nome indica (SPY), este software tem a capacidade de vigiar e roubar informações da máquina onde está hospedado e enviar autonomamente, essa informação, para o atacante.

Cavalo de Tróia (Trojan)/Backdoors Backdoors = “buracos” no sistema (ex. backdoor descoberto recentemente no router D-link – ler mais aqui) Artigo Sobre os Diferentes Tipos de Ameaças Informáticas | Blog PTWS Alojamento Web. Se utiliza todos os dias o computador com ligação constante à Internet, sabe que corre diferentes riscos informáticos diariamente, colocando em causa a sua informação pessoal e empresarial, bem como o desempenho do seu computador. Reconheça neste artigo as diferenças entre as diversas ameaças digitais existentes para o seu computador: Malware: Palavra diminutiva de Malicious Software, ou seja, software malicioso criado com o objectivo de infiltrar num determinado computador ou sistema, corromper e apagar dados, furto de informações, divulgação de serviços ou simplesmente demonstrações de poder informático.

Pode surgir na forma de código informático, scripts, active content ou outro tipo de software. Os malwares dividem-se em diversas e crescentes categorias, tais como vírus, worms, trojan horses, spyware, adware entre outros software informático criado com objectivos invasivos, e mal intencionado, sempre com o propósito de atingir o computador. Virús Worms Trojan · Furto de dados; Rootkits. O que é keylogger? - Tecmundo. Mesmo na época atual em que a segurança digital é uma preocupação constante, pessoas com um bom conhecimento de informática e disposição para cometer atos ilícitos utilizam as mais diversas ferramentas para tentar ter acesso a áreas e dados sigilosos. Entre os “truques” mais utilizados pelos crackers está o keylogger, um programinha capaz de gravar tudo o que uma pessoa desavisada digitar no teclado, incluindo senhas de acesso a sites bancários. Continue ligado neste artigo do Tecmundo e descubra um pouco mais sobre os esses programas e como você pode se defender deles.

Para que serve Keyloggers são aplicativos ou dispositivos que ficam em execução em um determinado computador para monitorar todas as entradas do teclado. Assim, aquele que deixou o programa em execução pode, em outro momento, conferir tudo o que foi digitado durante um determinado período. Exemplo de relatório de keylogger (Fonte da imagem: Divulgação/StaffCop) O perigo que representam Como evitar.

O que é phishing e malware | Artigos. O TechTudo preparou este artigo para ajudar a esclarecer aos internautas o que é phishing e malware. O ambiente virtual está contaminado por pragas que se proliferam na velocidade da luz. Para se proteger delas, é preciso entender o que é cada uma e como agem e funcionam. Spam (Foto: Reprodução) Phishing definição Phishing é um tipo de golpe eletrônico cujo objetivo é o furto de dados pessoais, tais como número de CPF e dados bancários.

O que é Phishing? (Foto: Divulgação) Ele pode ocorrer de algumas maneiras, vejamos: Phishing por e-mail E-mails estranhos com mensagem de depósitos ou de sorteios de prêmios são muito comuns hoje em dia. iPhishing iPhishing é uma variação do tradicional Phishing. Ataque por mensageiros instantâneos A contaminação de mensageiros instantâneos acontece de forma semelhante a dos e-mails: através de um link que, se clicado, instala um programa malicioso capaz de capturar os dados do usuário.

Sites de relacionamento O que é Malware? Como se proteger. O que é firewall? A palavra firewall tem estado cada vez mais comum no nosso cotidiano, ainda mais agora que a segurança digital está dia após dia mais em evidência. Você certamente já deve estar familiarizada com ela, mas sabe o que é o firewall ou o que ele faz?

Continue acompanhando este artigo e descubra. Parede de fogo Assim como a metáfora por trás do nome sugere, firewall é uma barreira de proteção que ajuda a bloquear o acesso de conteúdo malicioso, mas sem impedir que os dados que precisam transitar continuem fluindo. Em inglês, “firewall” é o nome daquelas portas antichamas usadas nas passagens para as escadarias em prédios. (Fonte da imagem: Icon Archive) Na informática, os firewalls são aplicativos ou equipamentos que ficam entre um link de comunicação e um computador, checando e filtrando todo o fluxo de dados.

Firewall em forma de softwares Painel de controle do firewall do Windows (Fonte da imagem: Tecmundo) Outra medida muito usada são os filtros por portas e aplicativos. 10 maneiras simples de proteger seu computador | UOL Segurança Online. Postado em 29/08/2013 469.000 novas ameaças são encontradas por semana na internet. Se você quer uma navegação segura e total proteção para seus dados garanta a proteção do UOL Antivírus baixar agora O medo de ser infectado pelas pragas da internet é cada vez mais comum.

Quanto mais a tecnologia se desenvolve, mais coisas são feitas pelos computadores pessoais, como pagamento de contas, arquivos com informações pessoais. Dessa forma, também aumenta o interesse dos hackers em invadir sistemas. O que deve ser feito para proteger as máquinas sempre é uma dúvida. Veja 10 dicas práticas para aumentar sua segurança. Antivírus O antivírus pode não ser o único responsável pela segurança do computador, mas com certeza, é um dos principais e primeiro passo para quem deseja proteger sua máquina. Firewall O firewall trabalha, de certa forma, juntamente com o antivírus.

Sistema operacional atualizado Quando o sistema está desatualizado é muito mais fácil para os hackers conseguirem se infiltrar no PC. TOP 5: ferramentas Anti-Malware para Windows. Segurança na web é, sem margem para dúvidas, a frase do dia. Depois do evento realizado pelo PPLWARE, o CreateTech, onde estivemos a aprender com os melhores, ficamos realmente (ainda mais) preocupados com a segurança na web e nas redes. Actualmente e dito pelos experts, tem de haver muito mais para além de uma boa firewall, um bom antivírus ou qualquer outra solução de segurança. Temos de actuar preventivamente e ir auscultando a saúde do nosso sistema.

O objecto deste artigo visa apresentar o TOP 5 de ferramentas anti-malware que podem ajudar os seus utilizadores numa defesa mais pró-activa e concentrada contra ameaças específicas – complemento ao antivírus e firewall – sejam elas mais simples ou mais complexas. A listagem baseia-se em experiências pessoais, pelo que poderá o utilizador, no final, sugerir outras alternativas. Antes de avançar com a listagem em si, gostaríamos de deixar claro que colocaremos por base as versões gratuitas que existam das diversas ferramentas. InShare1.