background preloader

M

Facebook Twitter

Mas libros Livres. Monográfico: Marketing en Bibliotecas. Monográfico Marketing en Bibliotecas Otros MONOGRÁFICOS SOBRE BYD Las bibliotecas pueden beneficiarse esforzándose en que la comunidad a la que sirven sepa exactamente lo que la biblioteca ofrece. En última instancia el objetivo consiste en hacer coincidir los puntos fuertes de la biblioteca respecto a a las necesidades de los usuarios. Un plan de marketing posiciona a la biblioteca como un recurso imprescindible de la comunidad a la que sirve para que la misma tome conciencia de que la biblioteca es un recurso de primera instancia para obtener información y ayuda ante cualquier problema de tipo informativo.

Así mismo también facilita la construcción de buenas relaciones con los usuarios, y contribuye a una relación positiva con los medios de comunicación, empresas, agencias gubernamentales locales y otras organizaciones. Margarida Mestre no Seminário "Poesia anda por la Calle" na BM Fundão. Mostra : Ribeiro dos Santos: 1º Bibliotecário Mor da Real Biblioteca: 27 out. – 30 dez. '16. Morcegos ajudam a conservar livros em biblioteca de Portugal - Globo Rural | Notícias. Costumeiramente visto como vilões, os morcegos possuem a fama hollywoodiana de estarem sempre associados às trevas e ao mal - exceto os companheiros do Batman.

Mas, em uma tradicional biblioteca localizada no Palácio Nacional de Mafra, em Portugal, esses pequenos mamíferos são muito bem quistos. Os morcegos da biblioteca já viraram atração na região, pois trabalham como guardiões noturnos dos mais de 36 mil livros da bibliotecal. Os bichinhos da espécie morcego-anão e morcego-orelhudo-castanho fazem uma verdadeira "faxina noturna" e garantem a própria janta.. Eles se alimentam de insetos, principalmente daquelas traças que adoram devorar as páginas de livros. O sonar dos morcegos é que ajuda na tarefa de localizar as traças e garante o banquete. Os morcegos acabaram se tornando uma forma ecológica de lidar com esse problema muito comum em bibliotecas. E os pequenos voadores ganharam tanta fama que já fazem parte do tour do local. Mostra : Bibliotecas móveis do Corpo Expedicionário Português : fev. (dia a indicar) – 29 abr '17.

Município da Chamusca realiza I Encontro de Bibliotecas Itinerantes. O Município da Chamusca assinala os 500 anos do nascimento de Ruy Gomes da Silva, que se comemora a 27 de outubro, com atividades entre os dias 27 e 29 de outubro, nomeadamente com uma Palestra e um Encontro de Bibliotecas Itinerantes. Rui Gomes da Silva, figura marcante do séc. XVI, filho de D. Francisco da Silva e de D. Maria de Noronha, senhores de Ulme e Chamusca, tendo estes lugares sido elevados a vilas através da sua influência junto de D. Catarina (na menoridade de D. Sebastião). Numa singela homenagem, entendeu o Município da Chamusca perpetuar o seu nome, através da Biblioteca Municipal, bem como do recente projeto da Biblioteca Itinerante "Biblioteca do Ruy". Desta forma e para assinalar a data estão agendadas as seguintes atividades: Dia 27 outubro Dia 28 e 29 outubro Subordinado ao tema “Itinerâncias – caminhos para novas narrativas”, este Encontro visa fomentar a partilha de experiências, projetos, saberes e ideias através do livro e da leitura Dia 29 Outubro.

Ministro da Cultura: bibliotecas municipais com novos serviços e valências. O ministro da Cultura anunciou hoje, no Porto, o reforço da rede de bibliotecas municipais para desenvolver “verdadeiras redes intermunicipais capazes de ir ao encontro das necessidades das populações”, oferecendo novos serviços e valências. “Aproveitando a oportunidade dada pelos fundos estruturais do Portugal 2020, queremos desenvolver verdadeiras redes intermunicipais capazes de ir ao encontro das necessidades das populações, oferecendo serviços e valências que mantenham vivas as bibliotecas”, disse Luís Castro Mendes. O ministro, que falava no colóquio “Três décadas de Bibliotecas Pública”, na Biblioteca Almeida Garrett, esclareceu que foram identificados três grupos prioritários para a intervenção.

Em primeiro lugar, nos municípios sem serviço de biblioteca pública; depois, nas estruturas que fora da rede prestam serviço público ainda deficitário; e, em terceiro lugar, nas bibliotecas da rede com desempenho mais frágil”, referiu. Manuela Silva: “O importante é que a leitura permaneça” | Manuela Silva - Coordenadora da RBE | Jornal Expresso | Download | Tinha dez anos quando entrou pela primeira vez numa biblioteca escolar. Foi em Sá da Bandeira, Angola (atual Lubango). Estava no primeiro ano do Liceu Diogo Cão e apaixonou-se de imediato por aquele sítio. Para grande desgosto, a biblioteca fechou de um dia para o outro. Ler mais >> Mostra : As mil e uma entradas do labirinto: no tricentenário da morte de Leibniz : 19 set. - 30 dez. '16.

Biblioteca Nacional de Portugal Serviço de Actividades Culturais Campo Grande, 83 1749-081 Lisboa Portugal Informações Serviço de Relações PúblicasTel. 21 798 21 68 Fax 21 798 21 38 rel_publicas@bnportugal.ptEste endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar Horário 2.ª - 6.ª 09h30 - 19h30 sáb. 09h30 - 17h30 Folha de sala Visitas guiadaspor Adelino Cardoso7, 18 e 27 out. | 16h30 Entrada livre / MarcaçõesEste endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar Colóquio InternacionalLabirinto da Harmonia | 14 nov.'16 As mil e uma entradas do labirintoGottfried Wilhelm Leibniz MOSTRA | 19 set. - 30 dez. '16 | Inauguração: 19 set. | 18h00 | Sala de Referência | Entrada Livre Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716) é uma das figuras marcantes da filosofia e da ciência na transição do século XVII para o XVIII.

O próprio Leibniz se denominou como «o autor do sistema da harmonia preestabelecida». Mostra: Enid Blyton (1897-1968): 75 anos de Os Cinco : 24 jul. - 7 out. '17. Makerspaces en bibliotecas: el fenómeno Bibliomakers. Existen infinidad de formas de llamar a los Makerspaces: MediaLab, FabLab, Hackerspace… A los cuales habría que sumar los distintivos de su ubicación en una biblioteca: BiblioLab o Bibliomaker. ¿Cómo? ¿Qué todavía no sabes a qué me estoy refiriendo? … Perdona, fallo mío por no haber empezado por las presentaciones. Un Makerspace es un espacio dotado con tecnología y herramientas para la creación de ideas o proyectos individuales o en equipo. Allá por el 2013 ya hablé de los BiblioLab en el «Informe APEI sobre bibliotecas ante el siglo XXI: nuevos medios y caminos».

Movimiento maker que pudo tener sus primeros pasos en las bibliotecas de manos de Benjamin Franklin (el cual también fue precursor de las bibliotecas públicas) al usar a éstas para realizar algunos de sus primeros experimentos. Por cierto que Franklin en el XVIII ya implantó makerspaces en las bibliotecas. No tuve la oportunidad (ni el placer) de asistir a dicha jornada. Utilizar cualquier espacio disponible.