background preloader

Geografia Urbana

Facebook Twitter

6 Razões que explicam a localização das cidades no mundo. 6 Razões que explicam a localização das cidades no mundo Frank Lloyd Wright descreveu uma vez as cidades como "nossa glória e nossa ameaça".

6 Razões que explicam a localização das cidades no mundo

Com mais da metade da população mundial vivendo nas cidades, os arquitetos estão se interessando cada vez mais por suas origens. Muitos campos de pesquisa histórica, geográfica e espacial são dedicados a explorar a evolução das cidades, revelando uma série de semelhanças em todo o globo. Em um vídeo recente, Wendover Productions descreveu um conjunto de características em comum que conectam algumas de nossas maiores cidades, seis das quais descrevemos a seguir. Levando em conta os seis fatores abaixo, onde está a "cidade perfeita"? 1- A regra dos 15 quilômetros Se você medir a distância entre duas cidades pré-industriais adjacentes dos EUA americanas, elas estarão a cerca de 15 a 25 quilômetros umas outras.

30 documentários sobre mobilidade urbana. Cidades Sustentáveis. Índice de Bem Estar Urbano. A project of peace, painted across 50 buildings. Plataforma Urbana. Urban Letters Episode 1 - "Cartas Urbanas" 5 cidades que se destacam por seus planos de inovação urbana. 5 cidades que se destacam por seus planos de inovação urbana Um grupo de arquitetos e urbanistas foram consultados pelo jornal estadunidense The Wall Street Journal (WSJ) sobre as cidades líderes em inovação urbana através de certos projetos.

5 cidades que se destacam por seus planos de inovação urbana

Nessa oportunidade, entre os peritos consultados estão Edward Glaeser, economista e autor do “O Triunfo das Cidades”, e Douglas Kelbaugh, acadêmico de arquitetura e urbanismo da Universidade de Michigan, que apostaram em cidades de menor tamanho, em vez de megacidades, e que consideram não terem recebido tanta atenção. Apesar do fato de que a lista poderia continuar crescendo, o grupo de especialistas escolheu cinco cidades, incluindo uma latino-americana, que se destacam por ações interessantes que podem inspirar outras cidades, levando em consideração o contexto local. 1.

Detroit Eliminar certos pontos que estabelece o zoneamento é o que a cidade está considerando para poder impulsionar o investimento após o colapso de 2014. 2. 3. 4. Documental: 'Irrespirable'. Ciudades al borde de la asfixia >> Seres Urbanos. Gemma Solés i Coll.

Documental: 'Irrespirable'. Ciudades al borde de la asfixia >> Seres Urbanos

Licenciada en filosofía, especializada en desarrollo en África y periodista cultural. City Resilience. Casa, escolas, edifícios com janelas, portas, equipamentos mais eficientes energeticamente. Prédios mais altos do país cobrem o sol em Balneário Camboriú (SC) - 27/12/2015 - Cotidiano. Em uma faixa litorânea de cinco quilômetros entre uma movimentada rodovia e áreas de preservação, construtoras erguem uma fileira de arranha-céus.

Prédios mais altos do país cobrem o sol em Balneário Camboriú (SC) - 27/12/2015 - Cotidiano

No térreo, a disputa é por um lugar ao sol: os edifícios criaram zonas de sombra na areia da praia. Imune à crise, Balneário Camboriú, praia no litoral norte de Santa Catarina, deve dominar em breve a lista de detentores dos maiores prédios da América do Sul. Diferentemente de outras partes do mundo, os edifícios mais altos do país não serão comerciais, pois servirão de residência para veranistas. Três empreiteiras locais disputam o título de responsável pelo maior arranha-céu. Hoje, a marca está com o Millenium Palace, de 45 andares. Dois empreendimentos em construção vão passar dos 240 m: o Yachthouse (74 andares) e o Infinity Coast (66). "Para viabilizar a obra, [os prédios] precisam de estrutura compatível com os preços dos terrenos, que são caros. Com 128 mil habitantes, Balneário Camboriú atrai aposentados e endinheirados. Urbaine de Travaux - Bâtiment et Travaux Publics : Présentation de l'entreprise de BTP.

Welcome to Forbes. Sem resistência, 300 famílias são removidas de invasão na Zona Norte. Os moradores da comunidade Bela Vista, bairro Rubem Berta, em Porto Alegre, acordaram cedo nesta terça-feira com o barulho de caminhões de mudança e movimentação policial.

Sem resistência, 300 famílias são removidas de invasão na Zona Norte

Devido a uma decisão da Justiça, as cerca de 300 famílias que ocupam o local há um ano e meio começaram a ser removidas, de forma pacífica. A maioria disse que vai para outras invasões na Zona Norte ou para residências de familiares. Uma manifestação estaria sendo organizada para a quarta-feira, mas não foi confirmada. Após protesto, ocupantes conseguem marcar reunião com donos de terreno.

UN-Habitat - United Nations Human Settlements Programme. 11 problemas comuns em grandes centros urbanos. “Antes tínhamos os sem-casa, agora estamos criando os ‘sem-cidade’” Urbanista Raquel Rolnik fala sobre a crise das cidades no Brasil e como a ideia de estruturá-la a partir do transporte público pode ser algo revolucionário Bruno Pavan, De São Paulo (SP) A urbanista e professora Raquel Rolnik, da Universidade de São Paulo (USP), é inquieta por natureza.

“Antes tínhamos os sem-casa, agora estamos criando os ‘sem-cidade’”

Arquitetura chinesa aproveita boom na construção civil para moldar paisagens urbanas. Na última década, ritmo frenético da urbanização e opulência financeira fizeram surgir edifícios inspirados em padrões ocidentais; nova safra de arquitetos chineses buscar unir tradição e modernidade em futura paisagem das metrópoles wikimedia Commons.

Arquitetura chinesa aproveita boom na construção civil para moldar paisagens urbanas

Arranjos Populacionais e Concentrações Urbanas do Brasil 2015. Centro de Estudos da Metrópole. Cidade em Transe. Novo retrato da metrópole Bons ventos da economia no estado atraem novos moradores e mudam a cara dos bairros Por: Fábio Vasconcellos, Flávio Tabak, Natanael Damasceno e Paulo Thiago de Mello O antigo sobrado estava meio esquecido, pichado e com infiltrações.

Cidade em Transe

Ali, desde 1971, existia a lavanderia e tinturaria Jandaia, no número 97 da Rua Voluntários da Pátria. Eis que os novos ventos do mercado imobiliário sopram, e os proprietários portugueses decidem passar o ponto no fim de 2012, auge da valorização imobiliária de Botafogo. Situações semelhantes ocorrem em outros bairros do município, assim como em outras cidades do país e do mundo, que parecem ter, de repente, trocado de roupa. No Rio, os contornos são distintos. Cronologia do Pensamento Urbanístico. Curso "A cidade do capital e o direito à cidade" Direito à Cidade, Reforma Urbana 19 de agosto de 2015 Na próxima semana, entre os dias 24 e 28 de agosto, será ministrado o curso “A cidade do capital e o direito à cidade”, resultado de uma parceria entre Instituto Pólis e Centro Ecumênico de Serviços A Evangelização e Educação Popular – CESEEP.

Curso "A cidade do capital e o direito à cidade"

Serão oito aulas que tratarão de diversos temas ligados à problemática da mercantilização das cidades. As inscrições já se encerraram, porém todas as aulas serão transmitidas online. Confira programação: Da Aldeia à Megalópole. Forte aparato policial marca despejo de famílias em Sapiranga. 25/jun/2015, 16h02min Centenas de policiais estiveram presentes no despejo das famílias na Ocupação Jacobina, em Sapiranga | Foto: Guilherme Santos/Sul21 Marco Weissheimer Um efetivo do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar, com 240 homens, a pé e a cavalo, cães e pessoal do serviço de inteligência, acompanhou o oficial de justiça que executou a ação de reintegração de posse, na manhã desta quinta-feira (25), da área de 26 hectares ocupada desde o início de maio por centenas de famílias sem moradia, em Sapiranga.

Forte aparato policial marca despejo de famílias em Sapiranga

Por volta das 6h, os moradores da Ocupação Jacobina já se preparavam para a ação de despejo. Muitas famílias já tinham retirado seus pertences no dia anterior. O dia ainda não havia amanhecido quando o deputado estadual Tarcisio Zimmermann (PT) chegou à área para acompanhar a ação. Moradores tiveram a manhã para desmontar seus casebres e deixar o local | Foto: Guilherme Santos/Sul21. Geografia Urbana I. Geografia Urbana I. Globalization and World Cities. Macapá, a capital sem água nem esgoto. MACAPÁ - Uma cidade com 3% da área servida por rede de coleta de esgoto, 17% da população em região de ressaca do Rio Amazonas e o restante com fossas sanitárias, em muitos casos cavadas ao lado de poços d'água, e cerca de 60% das casas sem água encanada. Essa realidade do saneamento básico transforma Macapá, capital do Amapá, com 407 mil habitantes, no retrato do descaso. Todos os dias, crianças lotam hospitais com verminoses, dor de barriga e doenças de pele. Mercado das ocupações.

Mercado das ocupações Pagamentos a advogados e venda de lotes irregulares até mesmo pela internet tornam as invasões de áreas um negócio Porto Alegre viu nascer pelo menos uma ocupação urbana a cada 45 dias no último ano. Nestes terrenos incertos, há quem deposite esperanças e economias de uma vida. Observatório das Metrópoles. Recife, cidade roubada. Rumo - O Futuro da Mobilidade. É passada a hora de planejar como cidades de todos os tamanhos vão se expandir e como os cidadãos vão percorrê-las cotidianamente. – O urbanismo como ciência existe há cento e poucos anos. O automóvel tem cem anos, olha como ele modificou a vida nas cidades! Hoje elas vivem em torno do automóvel. Planejamento e sustentabilidade são a chave para o futuro – aposta Nívea Oppermann, diretora de Desenvolvimento Urbano da Embarq Brasil, ONG que estuda a mobilidade e o desenvolvimento urbano e produz relatórios voltados para governos e empresas. Por sorte, muitas das grandes cidades de 2050 ainda não existem – e 80% da infraestrutura também não.

Soluções Urbanas. The 10 Most Polluted Cities in America. Transformações na Ordem Urbana. Videoteca - Ministério das Cidades. Wondersoftheworld.tv.