background preloader

Geografia da População

Facebook Twitter

Observatoire des inégalités. Brasileiros no Mundo. BandNews desde criancinha - Especial R E F U G I A D O S. Crianças refugiadas, de até 3 anos, 'são exploradas na Jordânia' - BBC Brasil. Crianças sírias refugiadas, de até três anos, estão sendo exploradas para o trabalho infantil por fazendeiros e companhias na Jordânia, segundo declarações de ativistas baseados na capital do país, Amã, à BBC.

Crianças refugiadas, de até 3 anos, 'são exploradas na Jordânia' - BBC Brasil

Tamkeen, uma organização de caridade voltada ao desenvolvimento infantil em Amã, alega que suas investigações descobriram estas crianças trabalhando junto com os pais e irmãos em fazendas perto do Mar Morto. De acordo com a organização, a exploração do trabalho infantil é comum na Jordânia. Crianças refugiadas cantam músicas brasileiras em coral em São Paulo. Carregando...

Crianças refugiadas cantam músicas brasileiras em coral em São Paulo

Crianças no Brasil. O Brasil possui, atualmente, 4.689 refugiados reconhecidos de 79 nacionalidades distintas.

Crianças no Brasil

Deste total, 250 são crianças entre zero e onze anos (121 meninas e 129 meninos), compondo apenas 5% da população refugiada no país (1% crianças de zero a quatro anos e 4% de crianças entre cinco e onze anos). As crianças entre zero e doze anos incompletos geralmente chegam ao Brasil acompanhadas dos pais ou de responsáveis legais e podem ser classificadas em três categorias distintas (sempre como dependentes dos pais ou de tutores).

A história por trás da foto do menino sírio que chocou o mundo. Image copyright PA Alan Kurdi, o menino refugiado sírio de três anos cujo afogamento causou consternação ao redor do mundo, tinha escapado das atrocidades do grupo autointitulado "Estado Islâmico" na Síria.

A história por trás da foto do menino sírio que chocou o mundo

Alan e sua família eram de Kobane, a cidade que ganhou notoriedade por ter sido palco de violentas batalhas entre militantes extremistas muçulmanos e forças curdas no início do ano. O pai do menino, Abdullah, fugira com mulher, Rehan, e outro filho, Galip, de 5 anos, para tentar chegar ao Canadá, onde vivem parentes da família. Isso mesmo depois autoridades do país norte-americano terem negado um pedido de asilo. Da família, apenas Abdullah sobreviveu à tentativa de travessia de barco entre a Turquia e a Grécia, em que, além dos familiares, morreram pelo menos outras nove pessoas. 100 People: A World Portrait. Ainda a escravidão. Na década de 1980, a cada 15 dias eu cruzava as estradas do Recôncavo com os meus pais em direção ao sítio onde passávamos o tempo livre.

Ainda a escravidão

Saindo da capital do estado, Salvador, nos meses de janeiro a março, eu sabia que, quando surgisse no ar o odor das queimadas nas plantações de cana-de- açúcar atravessaríamos a bela Ponte Imperial Dom Pedro II – inaugurada com a presença do próprio imperador –, logo estaríamos em nosso destino. Percorríamos as queimadas das plantações de cana por quilômetros e mais quilômetros e, do carro, eu podia ver dezenas de homens de um vigor que impressionava, todos eles negros e sujos de fuligem, cortando ou carregando grandes troços de cana. Em janeiro de 2015, eu retornei à região para visitar os meus pais. Da mesma forma que antes, saímos de viagem pelo Recôncavo, e essas imagens imediatamente voltaram à memória. Lá estava a famosa e imponente ponte e, alguns quilômetros mais adiante, eu pude notar o mesmo odor característico no ar. Após anúncio antirrefugiados, Dinamarca suspende trânsito rodoviário e de trens para Alemanha.

Fechamento ocorreu devido a fluxo migratório e passageiros foram surpreendidos; refugiados pretendem seguir viagem para Suécia Com o objetivo de barrar a entrada de refugiados no país, a Dinamarca cancelou, a partir desta quarta-feira (09/09) e por tempo indeterminado, o trânsito de trens com destino à Alemanha e a rodovia que liga ambos os países no norte alemão.

Após anúncio antirrefugiados, Dinamarca suspende trânsito rodoviário e de trens para Alemanha

O anúncio ocorre um dia após o governo dinamarquês publicar, em jornais libaneses, um anúncio com o objetivo de desestimular os pedidos de refúgio no país nórdico. A companhia ferroviária dinamarquesa DSB afirmou que as viagens entre Flensburg, na Alemanha, e Padborg, na Dinamarca, foram suspensas por tempo indeterminado, em ambas as direções. Também foi suspenso o percurso entre Puttgarden, na Alemanha, e Rodby, na Dinamarca. Veja o mapa com a indicação das interrupções: Após mudança de rota migratória, mais de 5 mil refugiados chegam à Croácia em 24 horas. Número superou as previsões do governo croata; ontem, premiê deu sinal verde à chegada de solicitantes de asilo 'independente de religião e cor de pele' Cerca de 5.500 refugiados chegaram à Croácia desde a quarta-feira (16/09), vindos da Sérvia, informou nesta quinta-feira (17/09)a emissora croata HRT, baseada em dados da Cruz Vermelha.

Após mudança de rota migratória, mais de 5 mil refugiados chegam à Croácia em 24 horas

Refugiados descansam na fila para se registrar na fronteira entre Sérvia e Croácia, na cidade croata de Tovarnik O número de pessoas que se dirigem ao país aumentou drasticamente após a Hungria ter declarado estado de emergência e ter construído um muro com arame farpado para a impedir a entrada de refugiados. Ao contrário do governo húngaro, entretanto, Zagreb deu sinal verde à chegada de solicitantes de asilo que tentarem atravessar o território para ingressar em outros países da União Europeia. Após terminar muro de 3 metros, Hungria passa a barrar refugiados em fronteira com a Sérvia. Nova lei húngara considerará a entrada de refugiados no país como crime, com pena de até três anos de prisão A Hungria terminou nesta segunda-feira (14/09) um muro de 3 metros na fronteira com a Sérvia e passou a barrar refugiados que tentam entrar no seu território.

Após terminar muro de 3 metros, Hungria passa a barrar refugiados em fronteira com a Sérvia

Segundo a Agência Efe, a partir de agora, nenhum refugiado poderá entrar no país. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. CARE. Censo 2010 - Atlas Demográfico. Center for Excellence in Disaster Management & Humanitarian Assistance. CO², birth & death rates by country, simulated real-time. Comitê Internacional da Cruz Vermelha. ¿Cómo sería el mundo si solo viviesen 100 personas en él? Controle na imigração dificulta ingresso de estrangeiros no Brasil - Cidades - Geral. Cresce o número de refugiados no mundo em função do clima. A mudança climática é um dos maiores responsáveis pelos atuais fluxos migratórios.

Cresce o número de refugiados no mundo em função do clima

Em 2014, calcula-se que houve 19,3 milhões de refugiados climáticos no mundo segundo o último relatório do Centro de Monitoramento de Deslocados Internos (IDMC). Entre 2008 e 2015 registraram-se em média 26,4 milhões de deslocados por ano, o que representa quase uma pessoa por segundo (leia mais). No entanto, as soluções de adaptação, compensação das vítimas e reconhecimento do status de refugiado climático são itens pendentes no texto do acordo de Paris que está sendo negociado. ONGs entregaram a Laurent Fabius, presidente da COP-21, (no centro da foto) a carta intitulada “É o momento de agir” Quando as condições climáticas dificultam ou tornam inviável a vida em uma região, as populações se veem obrigadas a migrar como forma de adaptação.

Mesmo os eventos migratórios atuais na Europa, vinculados às guerras, têm a mudança climática como pano de fundo. Refugiados climáticos, um desafio global. Das 10 cidades mais igualitárias do Brasil, 8 são gaúchas, informa pesquisa - Economia. Oito cidades gaúchas constam entre as dez cidades mais igualitárias do Brasil.

Das 10 cidades mais igualitárias do Brasil, 8 são gaúchas, informa pesquisa - Economia

O ranking dos municípios que têm as mais equitativas distribuições de renda do país foi divulgado nesta sexta-feira pela Exame.com. O primeiro lugar é de São José do Hortêncio, cidade de 4 mil habitantes no Vale do Caí. Da mesma região, Alto Feliz ocupa o terceiro lugar. Data Favela. 17 desenhos comoventes de artistas lamentando o menino afogado da Síria.

Dimensões da pobreza. Em campo de refugiados na França, igrejas e mesquitas são construídas com galhos de madeira e fita crepe. Quanto maior a quilometragem das cercas de arame farpado e violência das polícias de fronteira, maior a concentração de grupos de etnias, raças e nacionalidades diferentes A boate se chama Peace & Love, estamos no sábado, 12 de setembro, e nos preparamos para festejar o ano novo etíope no campo de refugiados New Jungle, em Calais, na França. Em 2 semanas, Macedônia deve receber mesmo número de refugiados dos últimos 2 meses. Ritmo de chegada de refugiados na Macedônia é de 3.000 por dia, estima ONU; maioria vem de países em conflito, como Síria e Afeganistão * Atualizada às 16h40 O ritmo de refugiados que atravessam a fronteira da Macedônia nas próximas semanas chegará a 3.000 por dia, estimou o Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados) nesta terça-feira (25/08).

Desde junho, o país já recebeu 42 mil refugiados vindos da Grécia. Em troca de moradia, refugiados trabalham como garis de cidades em crise na Itália. Burocracia impede que eles trabalhem recebendo pagamento enquanto seus pedidos de asilo não são analisados; refugiados já fazem movimentos pró-salário Quando, em maio deste ano, o ministro do Interior italiano Angelino Alfano declarou que os municípios deveriam aplicar a lei que autorizava refugiados a fazer trabalho voluntário em troca de ter onde morar, não poderia imaginar tamanha adesão da classe política e de setores da Igreja Católica. Em plena crise econômica, com munícipios endividados ou sem verba para executar trabalhos de manutenção da cidade, como limpeza de praças, cemitérios e ruas, os prefeitos logo viram na normativa de Alfano a possibilidade de usar em massa a mão de obra refugiada. Cidades como Veneza, Bolonha, Modena, Padova, Parma, Udine, Treviso, Firenze e Bassano del Grappa passaram a fazer uso do expediente.

Entenda a questão da imigração no mundo. Expectativa de vida no Brasil cresce 11 anos entre 1980 e 2010 - brasil - geral. Wilson Tosta - O Estado de S. Paulo RIO - Quem nasceu no Brasil em 2010 tinha expectativa de vida de 73 anos, nove meses e três dias - onze anos, dois meses e 27 dias a mais do que os brasileiros nascidos em 1980, que poderiam esperar viver 62 anos, seis meses e sete dias, segundo a edição 2013 da pesquisa "Tábuas abreviadas de mortalidade por sexo e idade".

O trabalho, divulgado nesta sexta-feira, 2, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que ao longo do período 1980/2010 a esperança de vida do brasileiro recém-nascido cresceu, em média, quatro meses e quinze dias por ano. Fundo de População das Nações Unidas - Brasil. Galeria de fotos mostra o dia a dia de crianças em favelas do Quênia.

Global AgeWatch Index 2015. Guerras, terrorismo e violações de direitos humanos: o que acontece nos países que mais enviam refugiados à Europa. Violência de Estado Islâmico, Boko Haram, Al Shabab e dos próprios governos motivam milhões de pessoas a fugirem de seus países - Síria, Afeganistão, Eritreia, Nigéria e Somália - e arriscarem suas vidas na tentativa de chegar à Europa Agência Efe Refugiados atravessam a fronteira entre Grécia e Macedônia em direção ao centro da Europa (29 de agosto) Guerra, prisões arbitrárias, torturas, violência sexual, repressão... How the world’s populations are changing, in one map. Blue countries have growing populations; red countries are shrinking. Purple are growing slowly or not at all. Human Rights Watch. Hungria: Polícia usa tanques de água e gás lacrimogêneo contra refugiados que tentam derrubar cerca.

IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios em 2015. Imigração de mão de obra qualificada no Brasil. Inferno na Terra Prometida. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Instituto de Reintegração do Refugiado – Brasil. Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Internal Displacement Monitoring Centre. Filhos do esquecimento - Caminhos da. Islamic Relief Worldwide. La gente más pobre del mundo no siempre vive en el lugar esperado. Foto: Jerich Abon (CC). Las mediciones de la pobreza a nivel nacional no brindan un panorama completo en cuanto a dónde vive la gente más pobre del mundo. Mapas para entender la crisis. Médicos Sem Fronteiras. Memórias da Rua. Migrant Offshore Aid Station. Migration Policy Institute. Migrant Report. More than 50 migrants hurt in clashes at French port. 'Morrer com um tiro na cabeça era lucro', conta brasileira que fugiu de guerra civil na Síria.

“O país era seguro, próspero. A gente podia andar na rua com joias sem medo”, diz Luiza; ela voltou ao Brasil após agressões e ameaças do marido sírio. Nueva Sociedad. Novo Bairro Migrante. Observatório das Migrações Internacionais. OECD Better Life Index. Organización Internacional para las Migraciones. OXFAM International. Oxford Poverty & Human Development Initiative (OPHI) Países do sudeste asiático pressionam Mianmar a agir sobre crise humanitária na região. Para controlar fluxo de refugiados, Áustria vai erguer cerca na fronteira com Eslovênia. Perseguidos por 'roubar empregos' de locais, estrangeiros são apenas 4% da força de trabalho na África do Sul.

Planeta chega aos 7 bilhões de habitantes. Planeta ONU. PNUD Brasil - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Pobreza no Brasil. População mundial vai crescer 53% e chegar a 11,2 bilhões em 2100, diz relatório da ONU. Por questões econômicas, governo chinês estuda estender direito a dois filhos para todos os casais. Quase 40 mil refugiados foram detidos em 2015 em túnel entre Inglaterra e França, que vão erguer muro. Rádio das Nações Unidas. Refugees/Migrants Emergency Response - Mediterranean - Regional Overview.

Refugiados da Rep. Centro-Africana e comunidade local lutam para sobreviver no norte da Rep. Democrática do Congo. Refugiados, desconhecido drama global. Refugiados na fronteira da Europa: 'Quem chegou até aqui não vai desistir' República Imigrante do Brasil. Save the Children. Sem ter para onde ir, refugiados em Paris ocupam escolas e prédios desativados. Sírios em fuga dentro do próprio território.

Solteiras alugam companheiros para o Ano-Novo chinês - 31/01/2014 - Mundo. 'Só queremos viver em paz': refugiados atravessam Bálcãs a pé em direção ao centro da Europa. Son Preference and Pre-Natal Sex Selection. Temas polêmicos na América Latina. Teoria e Método da Geografia I. The Human Values Index: conceptual foundations and evidence from Brazil. The Journey of Hope. The 10 Least Densely Populated Places in the World (2015) Travessia clandestina. Travessias mataram 2.000 imigrantes neste ano no Mediterrâneo, diz Organização Internacional para Migrações. United Nations Office on Drugs and Crime. United Nations Population Fund. Viagem sem volta. Vídeo exclusivo mostra saga de haitianos traficados ao Brasil - 30/05/2014 - TV Folha - Multimídia. World Bank Dataviz. Why Is The Mediterranean Sea The World's Deadliest Crossing?

World Without Poverty.