background preloader

Estado Islâmico

Facebook Twitter

Mapa mostra principais atentados terroristas de 2015 e de 2016 no mundo. Os anos de 2015 e 2016 foram marcados por atentados terroristas que chocaram o mundo.

Mapa mostra principais atentados terroristas de 2015 e de 2016 no mundo

Não foi só a ascensão do Estado Islâmico (EI) que fez dezenas de mortos ao redor do globo, mas também ataques de grupos que atuam há décadas, como o nigeriano Boko Haram, o fundamentalista Talibã, que se difundiu no Paquistão e, principalmente, no Afeganistão, e a Al-Qaeda, também afegã e que atua desde o final da década de 1980.

Dentre os atos que mais chamaram a atenção pública em 2015, destacam-se o ataque ao jornal francês Charlie Hebdo, em janeiro, que terminou com 12 mortos, e a invasão à casa de espetáculos Bataclan, com mais de uma centena de mortos. Ambos ocorreram em Paris. Já em 2016, houve o ataque a Nice, na França, onde um caminhão avançou contra dezenas de pessoas durante as comemorações do Dia da Bastilha, e o tiroteio na boate gay Pulse, em Orlando, nos Estados Unidos. Islamic State Caliphate Shrinks a Further 12 Percent in 2016, IHS Says. Isis flag: What do the words mean and what are its origins?

In the year that the extremist group Isis has risen to international attention by establishing its so-called Islamic state across swathes of Iraq and Syria, it has proven itself as a powerful propaganda machine capable of attracting recruits from across the world and inspiring bloody terror attacks.

Isis flag: What do the words mean and what are its origins?

One of the group’s most recognisable symbols is its black and white flag adorned with Arabic lettering. But what are the origins of the flag and why did the group chose it to represent them? What does the writing mean? Defence & Security Intelligence & Analysis. Attacks in Syria Up Post Russian Airstrikes, IHS Jane’s Says.

Paris e as lágrimas de crocodilo. 12 ways ISIS gets funding. The Islamic State is warning in a new video released online that more attacks are imminent on Western targets, including in Washington.

12 ways ISIS gets funding

Weapons, vehicles, employee salaries, propaganda videos, international travel — all of these things cost money. De seita local a movimento global - o Wahhabismo da Arábia Saudita. No século XVIII, o Império Otomano controlou grande parte da Península Arábica, acima de tudo as peregrinações na cidade sagrada de Meca e Medina.

De seita local a movimento global - o Wahhabismo da Arábia Saudita

Islamic State's Caliphate Shrinks by 14 Percent in 2015. Nações islâmicas criam coalizão antiterrorismo. A Arábia Saudita anunciou nesta terça-feira (15/12) que irá liderar uma coalizão militar de 34 países para combater o terrorismo no mundo islâmico, que inclui o Egito, Emirados Árabes Unidos, Catar e demais nações do Golfo Pérsico, além de países islâmicos como a Turquia, Malásia, Paquistão e alguns Estados africanos.

Nações islâmicas criam coalizão antiterrorismo

A base de operações será em Riad, de onde deve ser feita a coordenação e o apoio às operações militares, com a participação de nações do Oriente Médio, África e Ásia. Arsenal do Estado Islâmico tem armas produzidas em 25 países, aponta relatório. Segundo Anistia Internacional, 'décadas de comércio irresponsável de armas' no Iraque por parte de EUA, Rússia e dezenas de países fortaleceram extremistas Um estudo realizado pela organização Anistia Internacional e divulgado nesta terça-feira (08/12) concluiu que o armamento em mãos do Estado Islâmico reflete “décadas de comércio irresponsável de armas para o Iraque” por parte dos países que hoje combatem o grupo, como Estados Unidos e Rússia.

Arsenal do Estado Islâmico tem armas produzidas em 25 países, aponta relatório

“A falta de regulação e de supervisão sobre o imenso fluxo de armas para o Iraque, que já dura décadas, tem dado ao Estado Islâmico e outros grupos armados uma bonança de acesso sem precedentes a armas de fogo”, disse Patrick Wilcken, pesquisador da Anistia Internacional e um dos responsáveis pelo relatório “Taking Stock: The arming of Islamic State”. Segundo a Anistia, a maior parte do armamento do EI consiste em itens roubados do Exército iraquiano. Horas após aprovação do Parlamento, Reino Unido inicia bombardeios na Síria contra EI. Desertoras do Estado Islâmico. Violent Islamist extremism and terror in Africa. Seis fatos sobre o grupo Estado Islâmico, que domina parte de Iraque e Síria. Movimento rivaliza com a Al-Qaeda a liderança da jihad muçulmana e é hoje uma das organizações terroristas mais ricas do mundo.

Seis fatos sobre o grupo Estado Islâmico, que domina parte de Iraque e Síria

Governo do Iraque responsabiliza ex-premiê Maliki por avanço do EI e queda de Mossul. Em meio a prostestos contra corrupção e ineficácia pública, Bagdá faz reforma ministerial e divulga investigação sobre culpa por avanço jihadista Uma comissão parlamentar no Iraque determinou que o ex-primeiro-ministro Nouri al Maliki (2006-2014) é o principal responsável pela queda da cidade de Mossul nas mãos do grupo extremista EI (Estado Islâmico), em junho de 2014.

Governo do Iraque responsabiliza ex-premiê Maliki por avanço do EI e queda de Mossul

A divulgação dos resultados da apuração vem em meio a um amplo plano lançado pelo governo de Bagdá para lidar com a falta de apoio popular, cujas principais reclamações são contra escândalos de corrupção e incompetência ao lidar com os jihadistas. O comitê investigativo, cujos trabalhos se encerraram neste domingo (16/08) e foram entregues à Presidência do Parlamento, quer que o político seja levado a julgamento. Outras 30 autoridades, entre líderes militares e políticos, também foram investigadas — o ex-governador de Mossul Athil al Nujaifi também está na lista. Agência Efe. Após dias de confrontos, forças iraquianas recuam e EI toma controle de Ramadi.

Cidade fica a cerca de 100 km de Bagdá; estima-se que 500 pessoas tenham morrido e oito mil tenham abandonado suas casas A cidade iraquiana de Ramadi, a cerca de 100 km da capital Bagdá, foi dominada neste domingo por combatentes do Estado Islâmico.

Após dias de confrontos, forças iraquianas recuam e EI toma controle de Ramadi

Segundo agências de notícias internacionais, após dias de confronto com militantes do grupo extremista, forças iraquianas bateram em retirada neste domingo, abandonando suas bases. Leia também: Após EUA anunciarem morte de um dos líderes do EI, grupo avança sobre cidade síria de Palmira Agência Efe. Após EUA anunciarem morte de um dos líderes do EI, grupo avança sobre cidade síria de Palmira. Estado Islâmico destrói estátuas milenares da civilização assíria no Iraque; veja vídeo. Por que as imagens de violência do Estado Islâmico nos fascinam? Com técnica surpreendente e domínio da linguagem audiovisual, grupo faz com que nos identifiquemos com as vítimas e odiemos os agressores e que imagens nos atraiam tanto quanto nos repugnam, além de evocar os horrores de Guantánamo Reprodução Youtube Imagem do vídeo em que membros do EI destroem estátuas milenares a marretadas no Iraque A violência perpetrada pelo Estado Islâmico provoca um estranho fascínio em milhões de pessoas que não são jihadistas e, provavelmente, não têm a menor intenção de vir a sê-lo.

Por que as imagens de violência do Estado Islâmico nos fascinam?

Poucos desviam o olhar quando, na televisão ou no YouTube, surgem vídeos em que despencam as cabeças dos reféns decapitados, um piloto jordaniano é queimado vivo em sua cela ou uma parte da história humana é destruída a marretadas. The Spread of the Caliphate: The Islamic State. How ISIS Works. Organization The Islamic State in Iraq and Syria has a detailed structure that encompasses many functions and jurisdictions, according to ISIS documents seized by Iraqi forces and seen by American officials and Hashim Alhashimi, an Iraqi researcher. Many of its leaders are former officers from Saddam Hussein’s long-disbanded army who augmented their military training with terrorist techniques during years of fighting American troops. Related article » Abu Bakr al-Baghdadi, the self-proclaimed caliph of ISIS, has two deputies.