background preloader

En portugues

Facebook Twitter

Ce_cad1. Dicas de segurança em Escolas. Qua, 12 de Dezembro de 2012 16:46 As crianças passam a maior parte do tempo na escola.

Dicas de segurança em Escolas

Por isso, é importante que esse ambiente garanta a segurança delas. Ultimamente, quando você ouve falar sobre segurança nas escolas, o pensamento inicial refere-se à violência.No entanto, existem também outros perigos no ambiente escolar, como os acidentes no playground, durante as práticas esportivas e no transporte escolar. Como prevenir acidentes com crianças em escolas e playgrounds Conheça os playgrounds onde as crianças brincam;Procure equipamentos apropriados para a idade das crianças e verifique se os equipamentos estão enferrujados, quebrados ou contêm superfícies perigosas; Denuncie qualquer problema à escola; A maioria das lesões envolvendo playgrounds é causada por quedas. O playground deve ser instalado em piso que absorva impacto, como um gramado, um piso emborrachado ou areia fina.

Tire o capuz e o cachecol de todas as crianças para evitar perigos de estrangulamento nos playgrounds; Sim. Policia de Segurança Publica. Todas as crianças têm direito de crescer em segurança, num clima de tranquilidade, sem medos nem receios.

Policia de Segurança Publica

É obrigação de todos nós tornar esse direito uma realidade. 1. Historial do programa O Programa Escola Segura tem a sua origem num protocolo celebrado em 1992 entre o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Educação. Higiene.pdf. Segurança na Escola. Projectos Comunitários - Intervir + Escolas. Dwn_pdf_GS_OrganogramaOrgSegEscola.pdf. Dwn_pdf_privados_Educacao_Seguranca_Prevencao_Risco_2013-2014. ... PlanosdeSegurancaInformacao. Educar em meio à violência. O cotidiano de escolas que estão em áreas de risco por causa da grande incidência de tráfico de drogas e outros crimes é bastante peculiar.

Educar em meio à violência

Vez ou outra, é preciso interromper as atividades quando há operação policial na vizinhança - às vezes, duram algumas horas. Às vezes, algumas semanas. A maioria dos alunos convive com cenas que não são comuns em outros bairros - como a presença de "olheiros" armados nas esquinas, tiroteios e até assassinatos -, o que faz com que o tema violência tenha de estar sempre presente na sala de aula e nas reuniões pedagógicas ou com a comunidade.

Dirigir uma unidade escolar inserida nessa realidade não é nada simples. Os problemas são vários e das mais diversas naturezas. NOVA ESCOLA GESTÃO ESCOLAR visitou três escolas municipais no Rio de Janeiro para saber como os gestores lidam com essa questão. As unidades foram indicadas pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro por terem um trabalho educativo e comunitário de destaque. MPDFT - Organograma. MPDFT - Conheça o MPDFT. Conheça o MPDFT As Promotorias de Justiça são as portas de acesso dos cidadãos ao Ministério Público para resolverem problemas em diversas áreas jurídicas, como infância e juventude, consumidor, crime, educação, infância, saúde, entorpecentes, família, meio ambiente, patrimônio público, entre várias outras.

MPDFT - Conheça o MPDFT

As promotorias atuam junto aos juízes de Direito de 1ª Instância e estão presentes em Brasília e nas cidades de Brazlândia, Ceilândia, Gama, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. As Procuradorias de Justiça atuam na 2ª Instância e fiscalizam a aplicação da Lei nos processos de natureza cível e criminal perante o Tribunal de Justiça. Quanto às áreas de atuação, dividem-se em Procuradorias de Justiça Cíveis, Procuradorias de Justiça Criminais, Procuradoria de Justiça Criminais Especializadas e Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão.

Missão Visão. Cinco ações para aumentar a segurança nas escolas. Aluno atuando como "Agente da Paz" - programa entre os parceiros ONG Universidade da Paz e a escola EE Hilda Teodoro Vieira, mediando briga entre colegas no intervalo das aulas, em Florianópolis, SC.

Cinco ações para aumentar a segurança nas escolas

A preocupação com a vulnerabilidade das crianças e dos jovens na escola sempre tirou o sono de pais e gestores. Seja nas unidades localizadas no que os especialistas chamam de áreas de risco (veja reportagem sobre o tema), seja em escolas situadas em bairros considerados seguros, há sempre o temor de furtos, danos ao patrimônio e abordagem dos alunos por traficantes. Um gestor que quer evitar surpresas pode ter a ideia de colocar grades e cadeados em todas as salas e instalar câmeras de segurança. Contudo, apesar de essas medidas darem a sensação de proteção e serem importantes em alguns casos, se tomadas isoladamente tornam a escola refém do próprio entorno.