background preloader

Filmes

Facebook Twitter

10 filmes influenciados pela filosofia Marxista. Karl Marx foi um dos mais influentes filósofos de todos os tempos e, consequentemente, seu trabalho influenciou diversos filmes.

10 filmes influenciados pela filosofia Marxista

O espectador enfrenta problemas marxistas, tais como: condições proletárias, burguesia dominante, a tecnologia em evolução e sua relação com a sociedade, e a revolução. Cada problema é apenas um sinal do advento da era comunista, que consiste em uma justiça final na terra. Este é o núcleo de todo um movimento que influenciou profundamente o mundo.

Obviamente havia outros filósofos, muitos influenciados por Marx, que expandiram os elementos fundamentais em muitas outras direções, alguns deles contemporâneos a ele, incluindo Engels, Kautsky, Bernstein e outros. Cada um deles compartilhavam uma fé na justiça do proletariado, onde o objeto e o sujeito, finalmente, identificam uns aos outros. Conheça 10 grandes filmes influenciados por essa ideologia sociológica e filosófica que marcaram e ainda marcam a nossa sociedade. 6 Mind Expanding Movies That Will Make You Question Reality And Life. Some movies are made to touch our heart and soul with an overabundance of sentiment.

6 Mind Expanding Movies That Will Make You Question Reality And Life

They make us come in touch with our humanity and empathy. And some films are made to touch our mind, to get our mental cogs working, to awaken and expand our consciousness. They are films that deal with questions that we are all too eager and too afraid to ponder. Diário Liberdade lista os 35 melhores filmes da esquerda na história. *Dica do Emir Sader, em sua página no Facebook. Cinema e socialismo foram colegas de escola no princípio do século XX.

Às vezes juntos, cresceram, apaixonaram-se, magoaram-se, desiludiram-se e continuaram a aprender. Esta lista, inevitavelmente incompleta e truncada de injustiças, resgata da História do Cinema as melhores e mais belas encarnações dos ideais da esquerda. País: Estados Unidos da América Ano: 2009 Realizador: Michael Moore Esta história de amor é o retrato da crise do capitalismo a partir do seu próprio berço. 34º As Vinhas da Ira (The Grapes of Wrath) Ano: 1940 Realizador: John Ford O clássico de Steinbeck encontra uma justa homenagem nesta adaptação de John Ford. 33º Sambizanga País: Angola Ano: 1973 Realizador: Sarah Maldoror Sambizanga arruma com o mito do “brando colonialismo português” numa clara e inequívoca afirmação da estética e cultura africanas. The 25 Best Foreign Films Based on Myth, Legend and Folklore. Myth, legend and folklore constitute the bedrock of world culture.

The 25 Best Foreign Films Based on Myth, Legend and Folklore

Strange, then, that they have been so poorly served by the English-speaking cinema community. For every great film such as a Jason and the Argonauts (1963, Chaffey) or an Excalibur (1981, Boorman), there’s a Troy (2004, Petersen), a Clash of the Titans (2010, Leterrier), a First Knight (1995, Zucker), or a King Arthur (2004, Fuqua): films that in treating the original tales as little more than ripping yarns lose the essence of what made the stories so meaningful in the first place. With Hollywood especially guilty of treating the mythological as little more than a source of fantastic stories, you have to look to world cinema to find films that treat the legends and myths of the past with the respect they deserve.

This list (given in no particular order) presents twenty-five world cinema films inspired by myth, legend and folklore – all equally remarkable in their own right. 25. 24. 23. 5 filmes franceses que nos ensinam muito sobre a vida e o ser humano. Para quem ainda não se apaixonou por esse tipo de cinema, ele não nos deve roteiros com versões dramatizadas e fantasiosas da vida, quando se diz "final surpreendente" no cinema francês, não é no sentido de felicidade enlatada Hollywoodiana, mas dos ângulos construídos mostrando as capacidades e incapacidades humanas.

5 filmes franceses que nos ensinam muito sobre a vida e o ser humano

As que se seguem não são resenhas técnicas, mas impressões pessoais e impessoais embasadas em conhecimento e experiência de vida. 1. Deux jeurs, une nuit (Dois dias, uma noite) ÉTICA, depressão Qual é o nosso comportamento diante do outro, em situações que nos é possível fazer o bem ou simplesmente lucrar? Sandra então vai bater na porta de cada um, em meio a uma recuperação conturbada em que volta a depender dos remédios, e pedir humanamente que escolham a ela ao invés do bônus.

O final é surpreendente, Sandra prova seu valor, mostrando que tinha muito da ética que ela viera pedindo aos colegas, para dar-lhes em troca. Curta Na Escola. 22 Filmes para ver e nunca mais falar que cinema nacional não presta! Quantas vezes você já escutou alguém falando “cinema nacional não presta”.

22 Filmes para ver e nunca mais falar que cinema nacional não presta!

Eu sempre escuto, e na maioria das vezes quem fala não conhece um terço dos filmes que são bons. Tendo em vista isso, resolvi quebrar o tabu de que o Brasil não sabe fazer cinema e apresentar alguns filmes ótimos – que nem todo mundo conhece. Isso não significa que estou desmerecendo, excluindo, menosprezando os conhecidos. Sei muito bem que “Cidade de Deus”, “Central do Brasil”, “Carandiru”, “O Auto da Compadecida”, “Meu nome não é Johnny”, “2 Coelhos”, “Meu tio matou um cara”, “Hoje eu quero voltar sozinho” e “Tropa de Elite” são super consagrados, merecidamente. Sei também que muitos outros filmes nacionais foram aclamados no decorrer das décadas. Mas isso não vem ao caso, o interessante mesmo é apresentar a variedade de gêneros e a qualidade absurda das produções que citarei. 1. Clássico do cinema nacional. 2. Porta Curtas.