background preloader

ECONOMIA

Facebook Twitter

Conviva melhor com menos dinheiro. Profetas da economia. Nobel de Economia vai para os norte-americanos Eugene Fama, Lars Hansen e Robert Shiller.

Profetas da economia

Por meio de análises empíricas, eles desenvolveram métodos que permitem prever, por exemplo, os preços praticados no mercado financeiro. Conforme-se: é impossível prever o comportamento do mercado financeiro no curto prazo. Se você quer vaticinar as tendências acerca dos preços de ações para a semana que vem, esqueça. No entanto, é possível prever o comportamento desses valores no médio prazo – de três a cinco anos, em geral.

Não é bruxaria. “Eles estabeleceram os fundamentos de nosso entendimento atual sobre variação de preços de ativos financeiros”, diz o site oficial da premiação. O economista Rodrigo De Losso, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP), concorda. Shiller ficou famoso por ter ‘profetizado’ a recessão econômica mundial pouco tempo antes de ela nos ter de fato acometido Bola de cristal Bê-á-bá das finanças. Dólar pode se transformar em simples papel a partir do dia 17 de outubro. Um possível calote por parte dos EUA podem levar o mundo para a recessão.

Dólar pode se transformar em simples papel a partir do dia 17 de outubro

O Tesouro dos EUA vai começar a sentir a falta de meios financeiros na quinta-feira, se até lá não for aumentado o limite da dívida nacional. A dívida nacional dos EUA é atualmente de 16,7 trilhões de dólares. Se não forem autorizados novos empréstimos, o governo ficará sem dinheiro depois de 17 de outubro. Entretanto, já no final do mês há que pagar juros sobre títulos no valor de quase 6 bilhões de dólares. A presidente do FMI, Christine Lagarde, afirmou que um calote dos Estados Unidos pode levar o mundo para uma recessão.

Se os Estados Unidos começarem a se permitir atrasos de pagamentos de suas dívidas, a reação do mundo financeiro não se vai fazer esperar. Especialistas dizem que inicialmente o dólar, paradoxalmente, irá subir acentuadamente. Apesar de todos já estarem bastante fartos da pirâmide da dívida do governo dos EUA, o dólar continua a ser a principal moeda de reserva. Fonte: Voz da Rússia Colaborador. Análise de preços de ativos dá a três americanos Prêmio Nobel de Economia. RIO - Os vencedores do Prêmio Nobel de Economia de 2013 foram os economistas americanos Eugene Fama e Lars Peter Hansen, da Universidade de Chicago, e Robert J.Shiller, da Universidade de Yale, por trabalhos independentes que buscam compreender a tendência de comportamento dos preços de ativos, como ações, títulos e imóveis, informou na manhã desta segunda-feira a Real Academia Sueca de Ciências, que concede o prêmio de 8 milhões de coroas (US$ 1,25 milhão).

Análise de preços de ativos dá a três americanos Prêmio Nobel de Economia

Segundo especialistas, as pesquisas dos três economistas contribuem para antecipar a formação de bolhas nos mercados, ainda que os premiados tenham visões distintas sobre o problema, e a escolha tem relação direta com crise financeira internacional de 2008. “Não existe forma de prever o preço de ações e títulos para os próximos poucos dias ou semanas. Mas é quase possível prever o curso desses preços em períodos longos, como nos próximos três a cinco anos. . — Isto pode parecer estranho para alguns, mas é absolutamente verdade. Histoire des mathématiques. Glossário: O dicionário da crise da dívida na Zona Euro - Economia. A crise da dívida soberana colocou na ordem do dia termos como "default", rating, juros da dívida ou siglas como FEEF ou MEE.

Glossário: O dicionário da crise da dívida na Zona Euro - Economia

O Negócios preparou um dicionário para que entenda melhor a grave crise económica e financeira que afecta a Zona Euro. A crise da dívida soberana colocou na ordem do dia termos como "default", rating, juros da dívida ou siglas como FEEF ou MEE. O Negócios preparou um dicionário para que entenda melhor a grave crise económica e financeira que afecta a Zona Euro. Credit Default swaps (CDS). Os CDS são contratos que permitem ao investidor garantir o recebimento do capital investido em obrigações, na eventualidade de o emitente entrar em incumprimento.

A cotação dos CDS é expressa em pontos base, que representam o prémio que o investidor tem de pagar acima da taxa de juro de referência para a maturidade das obrigações que está a proteger. Default. Eurobonds ou obrigações europeias. 1. A "yield" subjacente tenderia a aproximar-se da alemã, que é a mais baixa.