background preloader

Des nouveaux autres aux nouveaux hôtes : nouvelle immigration au

Facebook Twitter

Um panorama da situação migratória no Brasil. Por Laís Azeredo Alves*

Um panorama da situação migratória no Brasil

Migração como um direito humano. Brésil : faute d’emplois, les immigrés veulent partir. Alors que l’économie du Brésil n’est pas dans une situation des plus brillantes, le pays voit s’en aller les immigrés.

Brésil : faute d’emplois, les immigrés veulent partir

L’immigration au Brésil. Après avoir abordé quelques aspects historiques à propos de l’immigration au Brésil, nous allons maintenant présenter des éléments de la législation la concernant, les différents types de visa existants et des chiffres montrant l’évolution de ce phénomène sociétal au fil des années, depuis la fin de la colonisation portugaise jusqu’à nos jours.

L’immigration au Brésil

L’entrée et la permanence des étrangers au Brésil sont réglementées par la « Loi 6.815 – Statut de l’Étranger [1] », statut créé en 1980, lors de la dictature militaire brésilienne. Cependant, le pays ne dispose pas d’un Service d’immigration. Pour obtenir un visa, les immigrants doivent en faire la demande au Département « étrangers » de la police Fédérale Brésilienne. Migration : Les ressortissants d’Haïti aux abois au Brésil. P-au-P, 09 sept. 2015 [Alter Presse] --- La situation des migrantes et migrants haïtiens tend à se détériorer au Brésil, ces derniers temps, alerte le Groupe d’appui aux rapatriés et refugies (Garr), dans une note en date du 9 septembre 2015, transmise à AlterPressse.

Migration : Les ressortissants d’Haïti aux abois au Brésil

Ils font face à de sérieuses difficultés au niveau de l’accès à un emploi, des infrastructures d’accueil et sanitaires, rapporte la plateforme Garr, soulignant combien la capacité d’accueil des centres d’hébergement - se trouvant, en grande partie, dans la capitale brésilienne Brasilia - devient insuffisante face à l’augmentation du nombre de migrantes et migrants. Ces derniers font face à de nombreuses difficultés sur le marché du travail.

Certains d’entre eux, qui arrivent à être embauchés, sont sous-payés. Un Haïtien a été tué et cinq autres ont été blessés par balles, en août 2015, dans une attaque, orchestrée par des Brésiliens qui seraient hostiles à leur présence à São Paulo (Brésil). Haitiens au Brésil 2010-2015 - MOM. Brésil : les migrations africaines y explosent ! Instituto de Migrações e Direitos Humanos! - NOTÍCIA: Crise humanitária: Direito, moralidade e solidariedade. A versão de que a Europa recebe a maior parte dos refugiados é simplesmente perversa No Afeganistão, refugiados recebem ajuda humanitária de agência da ONU A grave crise humanitária internacional em curso inseriu o tema dos refugiados na agenda da alta política, para usar uma expressão cunhada pelos realistas nas relações internacionais.

Instituto de Migrações e Direitos Humanos! - NOTÍCIA: Crise humanitária: Direito, moralidade e solidariedade

Fala-se em crise humanitária na Europa, como se receber refugiados fosse o maior problema. Há um grande equívoco no tratamento desse tema pela grande mídia, cujo foco tem sido mais os discursos convenientes e as posições resistentes de governos europeus, e menos a pressão sobre os países em desenvolvimento e a condição das vítimas dos conflitos armados e de violações massivas de direitos humanos. Instituto de Migrações e Direitos Humanos! - NOTÍCIA: XI Encontro Nacional da Rede Mir 2015. Nos últimos anos presenciamos a chegada ao Brasil de mais de 60.000 haitianos, fugindo da miséria e precárias condições provocadas pelo terremoto de 2010.

Instituto de Migrações e Direitos Humanos! - NOTÍCIA: XI Encontro Nacional da Rede Mir 2015

Em 2014, vimos o desembarcar centenas de pessoas, fugindo dos mais variados tipos de perseguições em seus países. Em 2015 estamos em plena crise mundial humanitária, provocada pelos conflitos armados e pela violência na Síria, Afeganistão, Paquistão, Iraque, RDC, entre outros países. Na América Latina somos o país que mais recebe migrantes e refugiados. Já passa de 8.000 o número de refugiados e refugiadas, homens, mulheres e crianças que vieram para o Brasil em busca de proteção e condições de sobrevivência.

Quando chegam, encontram inúmeros desafios, mas também uma série de entidades dispostas a acolhê-los. A Rede Mir existe há onze anos e tem se mostrado cada vez mais necessária diante do cenário de agravamento da crise que o mundo vive e que afeta profundamente milhões de seres humanos, forçados a deixar seus países. Imigração no Brasil: “É urgentíssimo aprovar a nova lei de imigração” O auditor-fiscal de trabalho Paulo Sérgio de Almeida é presidente do Conselho Nacional de Imigração há oito anos, um prazo considerado grande nesse cargo.

Imigração no Brasil: “É urgentíssimo aprovar a nova lei de imigração”

Durante seu comando, o Conselho assumiu a flexibilização, mediante resoluções, de algumas normas que travavam a estadia de estrangeiros no Brasil. Entre elas foi simplificada a expedição de vistos de trabalho de curta duração para prestação de serviços de assistência técnica, e a concessão de vistos para estudantes em intercâmbio profissional, hoje tramitados diretamente nos consulados. Almeida defende os avanços do país em matéria de imigração, mas reconhece que o Brasil está muito atrasado nesse quesito. "Não tem uma legislação migratória coerente com a evolução que o país teve nos últimos anos e com os compromissos que o país adotou em tratados internacionais, principalmente na área de Direitos Humanos e sócio-laborais", lamenta.

Pergunta. P. R. P. R. Brasil, a esperança para imigrantes ilegais haitianos. BRASÍLIA - Brasileia é uma pequena cidade de 20 mil habitantes cravada no sul do Acre, na fronteira com a Bolívia.

Brasil, a esperança para imigrantes ilegais haitianos

É bem provável que a imensa maioria dos brasileiros jamais tenha ouvido falar dela. Fora das fronteiras locais, porém, o município faz sucesso. A cidade é a porta de entrada no Brasil de uma rota de imigração ilegal de haitianos para o país. Hoje, a cidade hospeda 810 haitianos. Uma população que, fugida de um dos lugares mais pobres do mundo, e onde o Brasil é uma referência por comandar tropas de paz das Nações Unidas, sonha com a cidadania brasileira, que lhes daria o direito de trabalhar, de estudar, de usufruir o Sistema Único de Saúde (SUS), enfim, de viver legalmente no país. O Brasil, porém, não possui um tratado internacional que exima os haitianos de visto de permanência. O combustível da fuga é a miséria. Em Brasiléia, 600 haitianos estão hospedados em um hotel do município com despesas pagas pelo governo do Acre.

E este não é, nem de longe, o maior problema. Imigração no Brasil. Aspectos da imigração no Brasil. A marca da imigração no Brasil pode ser percebida especialmente na cultura e na economia das duas mais ricas regiões brasileiras: Sudeste e Sul.

Imigração no Brasil. Aspectos da imigração no Brasil

A colonização foi o objetivo inicial da imigração no Brasil, visando ao povoamento e à exploração da terra por meio de atividades agrárias. A criação das colônias estimulou o trabalho rural. Deve-se aos imigrantes a implantação de novas e melhores técnicas agrícolas, como a rotação de culturas, assim como o hábito de consumir mais legumes e verduras.

A influência cultural do imigrante também é notável. História.